A minha inspiração és tu

Standard

De onde vem a inspiração?
A inspiração está por todo o lado. Ela vem de tudo e de todos os lugares, é algo que não se força, ela aparece espontaneamente!
Gastamos um tempo idealizando o nosso sonho amoroso e depois vem a parte mais complexa que é tornar o nosso sonho real.
O Amor é a principal fonte de inspiração! É uma inspiração inesgotável.

A inspiração tem uma sensibilidade muito própria que é despertada muitas vezes por momentos difíceis.
Falamos o que nos vem na alma, ela está envolta em todo tipo de sentimentos.
A inspiração está em todo o lado e aparece em qualquer altura. Ela manifesta-se quando estamos no trabalho, quando estamos a conduzir, quando estamos no café, quando lemos o jornal, quando estamos a dormir… sim até mesmo quando estamos a dormir, porque a inspiração não dorme e nem dá descanso. Ela já me acordou algumas vezes a meio da noite e não me deixou dormir enquanto não escrevi tudo o que ela tinha para me dizer.
A inspiração é repentina e imprevisível, só temos que a acompanhar!

Inspiração não falta enquanto há vida para viver!
A inspiração pode afasta-se quando as tarefas do dia a dia são pesadas, cansativas, repetitivas, massacrantes… aí ela dá-nos uma folga, porque a inspiração é uma flor do ócio. O ócio de um minuto ou de uma hora. O ócio que permite a contemplação de tudo e de si mesmo para que tudo se consagre numa linha, numa página, num poema, num conto, num romance. A inspiração numa forma resumida é inerente ao viver: sem inspiração não há vida e vice-versa, por mais que a vida endureça, nos brutalize, nos aparvalhe ou nos devore, precisamos de vida para nos inspirar e inspiração para viver!

A experiência é uma fonte de inspiração. Seja por situações que vivemos, por livros que lemos ou filmes que assistimos. Toda a inspiração tem uma fonte muito própria. É claro que a criatividade existe também e não podemos negá-la. Contudo, até na criação de algo totalmente novo percebemos detalhes que são inspirados pela nossa mente dada alguma experiência que tenhamos vivido ou adquirido. A pura criação é algo dificílimo. Mas quando ocorre, conta diretamente com a inspiração de alguma fonte.
Uma linda flor pode estar ali debaixo do nosso nariz e ao olharmos para ela muitos não sentem nada, porém, outros sensibilizam-se com sua beleza e percebem nela algo que os emociona, entristece ou causa melancolia despertando sensações e comportamentos criativos.

A inspiração pode estar em tudo o que é visível aos olhos, em tudo o que é sentido com o coração mas são poucos os que conseguem ter percepção para encontrá-la.
Às vezes chegamos ao fim da vida sem nunca provarmos do doce sabor da inspiração, pois nunca paramos para perceber o mundo à nossa volta.
Mas a maior inspiração está em quem amamos. Naquela pessoa por quem fazemos tudo, por quem daríamos tudo. É nela que tudo fica mais simples, mais fluido, mais bonito. Aquela pessoa de energia pura, de riso fácil e acima de tudo uma pessoa que chega e faz acontecer. É um prazer ter pessoas assim para inspirar a nossa vida.
Numa simples mensagem que lhe escrevo, posso daí construir um belo texto, um belo poema… É nela que me concentro para me inspirar e nada melhor que o amor para nos inspirar.
A minha inspiração és tu…

Filipe Miguel

A minha inspiração és tu.jpg

Anúncios

Livro Amores Clandestinos

Standard

Este pequeno excerto foi retirado do meu livro Amores Clandestinos.
Já se encontra à venda em http://www.chiadoeditora.com/livraria/amores-clandestinos
FNAC- https://www.fnac.pt/Amores-Clandestinos-Filipe-Mig…/a1270196
BERTRAND- https://www.bertrand.pt/ficha/amores-clandestinos/
WOOK- https://www.wook.pt/…/amores-clandestinos-filipe-m…/19698925
E nas livrarias tradicionais.
Também podem encomendar exemplares autografados via mensagem privada.

Boas leituras

Um sorriso, um beijo, um abraço, um olhar Parte 6 Amores Clandestinos.PNG

Amar nos bons e maus momentos

Standard

Filipe Miguel

Amar não é balançar!
Só se balança quando não se tem a certeza.
Fala-se muito facilmente de amor, quando todas as pessoas vivem com o seu ego no trono, o amor é raro no ser humano, as relações tendem a ser de amizade mais ou menos forte. Muitas vezes na primeira contrariedade, tudo acaba, tudo desaparece, o que parecia ser um sonho real, cheios de aromas agradáveis, cores vivas e muita alegria, tudo muda à primeira contrariedade, tudo fica mais cinzento, torna-se numa solidão, numa dor que nos corrói por dentro. O AMOR tende a ser uma coisa muito rara!
Será isso amar, ou uma teimosia desmedida ou ainda uma falta de amor próprio? O que é mesmo o AMOR? Será o querer incondicionalmente? Ou procurar apenas o que nos faz bem?
E não é que me questiono sobre isso mesmo! Não será apenas teimosia, capricho do nosso ego?
Quando…

View original post mais 106 palavras

És a minha melodia

Standard

És a minha perfeita melodia!
No teu corpo posso criar o ritmo natural da nossa música.
Com os nossos corpos sincronizados e nos nossos toques, batimentos, desejos e vontades, criamos o ritmo perfeito da nossa música.
Nos teus lábios, nos nossos beijos, nos teus gemidos e suspiros, no teu corpo suado de amor e tesão vamos tocar o céu com a nossa mais bela melodia. O teu corpo com o meu corpo criam o ritmo, a melodia e a sinfonia perfeita da mais bela música. A nossa música!

Tu és a minha música perfeita!
És aquela que me encanta, que me fascina e que me alegra.
És a obra de arte mais que perfeita!
És aquela em que o meu batimento toca por ti com doces acordes e encantam a nossa alma.

Não sou perfeito! Somos todos seres imperfeitos à procura de quem aceite as nossas imperfeições.
Posso não ser um músico perfeito!
Posso não conseguir criar um som perfeito. Mas o que importa são as sensações produzidas através do som em ti.
Não é o som de cada nota que conta! O que conta é a melodia por inteiro. Essa melodia que encanta e faz encantar. Que proporciona momentos infinitos, melodias que nos deslumbram, que nos fazem sentir, viver e amar.
És a minha música e a minha melodia!

O teu corpo é a minha composição e a minha mais bela melodia. É o mais belo instrumento musical que existe e capaz de produzir as mais belas melodias. Quando estás por perto os sons da nossa música ficam em perfeita sintonia.
Com o teu corpo posso escrever e compor a nossa perfeita canção.
Cada parte de ti é a nota perfeita para compor a nossa música. A tua voz, o teu sorriso e os teus gemidos criam os sons perfeitos para produzirmos a nossa melodia.
O ritmo da nossa música é pautado pelo mais belo instrumento musical que existe: O teu corpo!
No teu corpo crio os mais belos acordes da nossa música!

Deixa-me ser o teu músico e tu serás o meu instrumento musical!
Vamos compor a nossa música!

Filipe Miguel

És a minha melodia.jpg