Menu Início

Amar no sofá

Apetece-me fechar os olhos, mas apetece-me muito mais um ombro, o teu ombro.
Quem não gosta de ter um ombro amigo, onde possa retemperar forças?
Momentos surreais de fechar os olhos e ir para onde quisermos.
Fecha os olhos, encosta-te e mim…
Enquanto delicio-me com o teu toque, com as tuas mãos no meu peito. Deixa-me afagar o teu cabelo, enquanto te beijo…
Dorme, que vou contar-te um segredo.
Adoro ter-te assim, só para mim.
O sofá às vezes diz tudo. Sofá, sofá, se falasses… Empresta-me só um braço…
É muito bom poder ficar no sofá, assim bem juntinhos, bem coladinhos…
É tão bom amar no sofá!

Filipe Miguel

Amar no sofá

Anúncios

Categorias:Uncategorized

Filipe Miguel

O que escrevo serve para expressar situações, momentos, sentimentos... do dia a dia de todos nós. Amores e desamores. Amores clandestinos...
Os textos aqui escritos não são autobiográficos. Mas podem ser biografias de mim e de muitos de nós, aqui e além. É neste pequeno véu que fica por levantar que se encontra a sublime sensação que o resto, o resto só a nós (seres apaixonados, românticos, sensíveis, loucos...) pertence!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: