Nem sempre é o que parece

Normalmente nem tudo é o que parece!
Quem vê caras, não vê corações!
Se há algo em que o ser humano faz na perfeição é iludir. Mostrar uma coisa e ela ser outra totalmente diferente. Tudo isto tem a ver com a interpretação que damos às coisas.
Muitas vezes interpretamos todos os sinais à nossa imagem, ao sabor dos nossos desejos, dos nossos sonhos, das nossas vontades e acabamos por nos iludir e sofrer.
É difícil interpretar a vida e definir realidades.
Eu diria que por vezes basta um olhar mais atento para termos a capacidade de discernir o que é, do que parece ser e do que não é. Mas infelizmente nem sempre estamos dispostos a darmos a este trabalho todo e acabamos por nos enganar a nós próprios.
Mas para vencer nesta vida temos de saber discernir as coisas. É esta a essência da vida e o segredo de saber viver.
Só quem se permite arriscar e ir à luta consegue interpretar a vida como ela é verdadeiramente. Sem ilusões, mas com convicções.
Mas um pouco de fantasia não faz mal a ninguém e nada melhor que sonhar um pouco neste mundo de bárbaro.

Filipe Miguel

Nem sempre é o que parece

Anúncios

Um comentário

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s