Quando te vejo, apeteces-me!

Standard

Filipe Miguel

Quando te vejo, apeteces-me!
O querer, a vontade e o desejo, impulsionam a intenção de ti.
Uma vontade soberana, um sonho inatingível, mas com a força do poder do querer, da vontade e do desejo, é um bom começo para demonstrar e impulsionar a intenção.
Quero-te!
Quero olhar-te, tocar-te, sentir-te, cheirar-te, beijar-te… quero ter a certeza que não é apenas mais um sonho bonito contigo, quero ter a certeza que tudo é real e único. O verdadeiro sonho, é aquele que vivemos na realidade, dia após dia.
Poder olhar-te, para ver toda a tua beleza.
Poder tocar-te, como se fosse preciso confirmar toda a tua beleza com as minhas mãos.
Poder sentir-te, para aumentar mais o desejo de ti.
Poder cheirar-te, para que o teu perfume do teu corpo, invada o meu. Poder beijar-te, para poder provar os teus lábios e o sabor do teu corpo.
Tu és o meu…

View original post mais 20 palavras

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s