Start working on a new project

Starting to work on a new project

Um projeto a começar ainda sem nome definido. Podem acompanhar o desenvolvimento deste projeto e interagir em simultâneo dando as vossas opiniões e ideias ao longo do livro e podendo também dando ideias para escolher o título desta obra (romance).

Como prometido aqui fica o primeiro capítulo deste novo projeto. Espero que gostem.

Filipe Miguel

Start working on a new project

Os amigos João, Vera e Lucas
O que é uma vida sem amor? Qual o significado que a vida terá se não encontrarmos o nosso verdadeiro amor?
Por vezes vivemos tão obcecados com o trabalho que acabamos por esquecer de nós, da nossa felicidade e de encontrar a nossa cara metade.
João e Vera, dois jovens namorados que estudam na Universidade do Minho e amigos de Lucas. Os três são grandes amigos desde os tempos de escola. João estava a tirar o mestrado em engenharia de polímeros. Vera, namorada de João, estava a tirar licenciatura em design e marketing de moda. Lucas ao contrário dos seus amigos não seguiu os estudos. Lucas é agora operário fabril no sector do vidro.
João e Vera sempre que podiam vinham passar o fim de semana à terra a casa dos seus pais para matar saudades. Lucas não era esquecido pelos dois jovens namorados, combinavam sempre alguma coisa para fazerem os três para manterem a conversa e a amizade em dia.
Estamos em abril, decorria o ano de 1992. Como sempre quando João e Vera regressavam para mais um fim de semana a casa, era João que quando chegava a casa dos seus pais telefonava para Lucas a comunicar a chegada deles e a combinarem encontrarem-se como sempre. Mas desta vez João e Vera não vinham sozinhos, Vera tinha convidado a sua colega de quarto Sofia a vir passar o fim de semana a casa dos seus pais.
Sofia era do Porto. Vera e João já tinham passado alguns fins de semana na casa dos pais de Sofia. Os pais de Sofia eram empresários de sucesso no ramo da hotelaria. Sofia estava a tirar licenciatura em gestão para poder seguir o negócio de família.
João e Lucas combinaram encontrarem-se na tarde de sábado no café perto de suas casas para reporem a conversa em dia e aproveitarem para apanhar uns banhos de sol na esplanada do café. Como sempre o café era o ponto de encontro natural dos três amigos antes de uma saída até à cidade, ou de um jantar entre amigos, ou de uma ida até à praia quando o tempo assim deixava, ou de uma ida até ao cinema.
Naquele dia de sábado, Lucas tinha-se levantado bastante mais cedo que o habitual para ajudar os seus pais com os animais da quinta. Ele queria despachar-se o mais cedo possível para ir ter com os seus amigos de longa data.
Neste sábado estava uma bela tarde primaveril de abril. O sol tinha acordado muito cedo e tinha-se instalado no céu como um leãozinho majestoso a rugir e abanar a sua juba dourada contra o azul intenso do céu. Estava um belo dia de primavera que mais parecia verão. O dia estava propício para poderem acontecer coisas maravilhosas.
Lucas quando chegou ao café, João e Vera já se encontravam na esplanada acompanhados por Sofia que estava sentada de costas para si.
– Olá, desculpem o atraso mas hoje tive uma manhã atribulada na quinta – dizia Lucas com uma voz amável.
Vera apresentou Sofia a Lucas. – Olá, espero que goste da nossa aldeia – disse Lucas com uma voz meio trémula. Sofia brindou Lucas com um belo sorriso tímido mas cheio de charme e disse: – Olá, vou gostar de estar aqui – disse com uma voz doce e suave.

Filipe Miguel

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s