Eu delírio com minha própria instabilidade

Olha eu sou assim Delírio com minha própria instabilidade Um dia sou poema de amor Outro dia sou recado de saudade Horas sumo do mundo Outras sumo de mim Vezes começo do início Vezes começo do fim Eu sou um vício… Vício-me na droga dos meus pensamentos E me mato na frequência que me torno […]

via Eu delírio com minha própria instabilidade —

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s