Gigantes

O gigante dorme na montanha Eu não sou ninguém Mas procuro a façanha De ter um gigante Desde a infância E o gigante, à distância Simplesmente fecha os olhos E só me dá a sua ignorância Sua face ambígua E cheia de vidas A vida do negro […]

via Gigantes — Sementes Voadoras

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s