A árvore

AZULESCER

       Semente. Água. Sol. Chuva. Noite. Dia. Raízes; sinto que estou pronta para começar a erguer-me. Caule. Seiva; corre pelos vasos sem que eu me dê conta, garantindo minha própria vida. Tronco. A cada dia a vista é mais ampla, sinto que estou crescendo mais e mais. Raízes aumentam em extensão e largura, adquirindo mais e mais força. O tronco cresce. Galhos; alongam-se a cada dia, e agora sinto mais o vento. Geada, água, chuva, trovão, garoa, sol, arco-íris, vento; já vi e vivi muitas coisas, e cada vez me sinto mais forte. Me apercebi de que ornamentos verdes surgiram em meus galhos. Ainda, dei-me conta de que pequenos seres pretos sobem por minha casca grossa, fazendo cócegas, tentando alcançar os ornamentos (acredito eu). Estes seres são chamados “formigas”, e através de mim sobem aos céus.

       Outra coisa nasceu em mim. Uma pequena bola de…

Ver o post original 518 mais palavras

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s