O medo e o amor são as duas forças do Universo

Filipe Miguel

O medo e o amor são as duas forças do universo.
O medo é um sofrimento por antecipação que nos dificulta a própria obtenção dos objectivos, colocando-nos obstáculos inexistentes.
O amor é o que nos guia pelo sentir do nosso coração e esse é o sentido da nossa vida. Por isso vivam-no em pleno, para que saibamos receber os planos que a vida tem para nós.
No nível evolutivo em que se encontra a humanidade, esta dualidade resume-se apenas ao medo e a outras motivações, predominando aquelas negativas.
O amor só viria no estágio intermediário da evolução, ainda em forma de embrião, ocorre que no pré-estágio muitos sentimentos superficiais, fundamentados em conveniências, são confundidos com amor, o amor absoluto, assim como todos os outros valores essenciais, só se constituirão no final do ciclo evolutivo.
Aquele que analisa a existência humana fundamentado na sua real finalidade e nos seus valores pode…

Ver o post original 295 mais palavras

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s