Um momento pode valer uma vida

Standard

Filipe Miguel

Um momento pode valer uma vida.
Uma palavra, um gesto, um olhar, uma atitude pode ligar almas para sempre.
Morro de saudades de ter o teu abraço apertado, ousado e sincero. Ficar com o teu cheiro na minha roupa, aqueles beijos demorados, qualquer coisa só preciso ficar contigo.
O abraço é um encontro de dois corpos de sensações, dois corpos em movimento no mesmo sentido, numa sintonia perfeita.
Coisas tão básicas na vida, um abraço, um sorriso e uma palavra amiga, todas elas grátis e que são tão difíceis de encontrar sem segundas intenções.
Vamos aproveitar tudo o que há de bom nesta vida, pois o mal sabemos que está sempre à espreita nos nossos caminhos, portanto, devemos estar prontos para combate-lo caso sejamos atacados, com as armas mais poderosas: A fé, a esperança e a felicidade de conquistarmos a Vitória.

Filipe Miguel

Um momento pode valer uma vida

View original post

Anúncios

Nossa Senhora da Oliveira

Standard

Românico com Telemóvel

Séx. XII – Guimarães

DSCF7139_HDR20171025_22000720171025_22001120171025_22012420171112_19540920171112_195746DSCF7073_HDRDSCF7082_3_4_fusedDSCF7235_6_7_tonemapped

O mosteiro pré-românico, fundado por D. Mumadona em 949, e para protecção do qual se construiu um primeiro castelo de Guimarães, deu lugar, ao que tudo indica logo nos inícios do século XII (RAMOS, 1991, v.I, p.86), à Colegiada de Santa Maria de Guimarães, uma das mais importantes e ricas instituições religiosas portuguesas da Baixa Idade Média. Destas primeiras fases muito pouco é o que sabemos, destruídas por reformas posteriores e escassamente documentadas por vestígios materiais remanescentes.

No Museu Alberto Sampaio conserva-se um capitel românico, datado da segunda metade do século XII e procedente do portal principal da igreja, que ajuda a caracterizar, em alguma medida, o que terá sido este templo nos séculos do Românico, com uma iconografia tipicamente beneditina (em torno do Bem e do Mal) e com uma relativa qualidade ao nível do trabalho escultórico. Mais importante é a parte do claustro duocentista…

View original post mais 471 palavras

Santa Maria de Negrelos

Standard

Românico com Telemóvel

Séc.XIII – Santo Tirsocof

Santa Maria de Negrelos é um templo de origem medieval, muito modificado na época moderna. Do período românico, possivelmente do século XIII, conserva-se a cabeceira, de capela única rectangular e cachorrada de modilhões decorados com motivos geométricos. Os focos de iluminação, originalmente estreitas frestas características da arquitectura do início da Nacionalidade, deram origem a janelas abocinadas, rectangulares e dispostas verticalmente no alçado.

Bastante mais radicais foram as obras no corpo do templo, integralmente refeito durante o século XVII. De nave única relativamente curta, o interior integra púlpito e coro-alto de madeira com protecção em balaustrada, enquanto que o exterior apresenta galilé quadrangular adossada à frontaria, assente em pilares de cantaria nos ângulos e em duas colunas médias, providas de base e de capitéis classicizantes, e coberta por telhado de três águas. O portal principal é de verga recta moldurada e, acima da galilé, abre-se um óculo…

View original post mais 409 palavras