Ninguém escolhe de quem gosta

Filipe Miguel

Não escolhemos de quem gostamos. Gostamos e pronto!
Os sentimentos não se fabricam…
Quando nos apaixonamos, cresce os sentimentos dentro de nós, quando vemos aquela pessoa, é uma enorme explosão de felicidade dentro de nós, os olhos brilham, começamos sentir o coração bater rápido, a sentir arrepios pelo corpo, as pernas a tremer, corpo fica mole, quando ela está na nossa frente… hummm, vontades, desejos… irrompem dentro de nós.
Verdadeiros sentimentos são os que nascem dentro de nós, sem sabermos explicar como ou o porquê.
O amor quando chega, não pede licença, nem permissão, chega e apodera-se de nós. Sentimos um turbilhão de sensações dentro de nós que não conseguimos dominar ou mesmo expressar em palavras. Uma vontade enorme apodera-se de nós, sentimos a necessidade de estar perto da pessoa amada, vontade de pegar e beijar no canto da boca. Quando ficamos paralisados no silêncio das palavras, depois cabe a…

Ver o post original 29 mais palavras

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s