Caminhos sinuosos no Amor

Filipe Miguel

O que sou eu?
Onde estou eu?
Onde estão os meus sonhos?
Onde estão os meus planos?
Andarei eu perdido?
Sinto que me tinha perdido algures por aí nalguma estrada ou curva da vida. Mas será mesmo que me perdi? Ou será que me afastei do caminho do amor à espera de te encontrar ou tu me encontrares?
Sinto que voltei à vida!
Quando te vi e quando te conheci, vi o porquê da espera, o porquê da travessia no deserto.
Sinto que tu foste o meu desfibrilador para fazer o meu coração voltar à vida, a bater por amor.
A vida tem grandes auto-estradas, vias rápidas, estradas normais, caminhos espinhosos… e a nossa estrada é o caminho espinhoso. É um caminho difícil, complicado, até podem dizer que é um caminho impossível. Mentira! Tudo só é impossível até acontecer.
Por mais difícil que esteja, por mais difícil que seja derrubar…

Ver o post original 86 mais palavras

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s