36º Festival Música em Leiria

O 36º Festival Música em Leiria realiza-se três meses mais cedo que o habitual, ou seja, de 16 de março a 20 de abril, numa tentativa da organização de preencher uma lacuna na agenda cultural de Leiria que durante este período tem menos actividades. Sob a direcção do maestro António Vassalo Lourenço, o Música em Leiria 2018 “aposta forte na internacionalização” com destaque para a presença da cantora Ute Lemper. Além da alemã, sobem ao palco do festival Maria João e Ensemble Darcos, Orquestra Filarmonia das Beiras, Portugoesas, Ensemble Cantante, Companhia Olga Roriz, entre outros.

transferir.jpg

O Festival Música em Leiria é promovido pelo Orfeão de Leiria, tendo um orçamento de cerca de 100 mil euros. A programação do festival foi apresentada no dia 19 de fevereiro, no Palácio dos Ataídes, em Leiria, na presença de Acácio de Sousa, director do Orfeão; António Vassalo Lourenço, maestro e programador artístico do festival; Gonçalo Lopes, vice-presidente do Município de Leiria; Mário Matias, director da Caixa Agrícola de Leiria; Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro; Nuno Mangas, director do IPL – Instituto Politécnico de Leiria; Paulo Batista Santos, presidente do Município da Batalha, entre outros.

O Música em Leiria decorre nos concelhos de Leiria, Batalha e Marinha Grande, passando ainda com concertos didácticos pelos concelhos do Norte do distrito de Leiria, afectados pelos incêndios no verão passado. Com um cartaz repleto de artistas nacionais e internacionais, os espetáculos do festival pretendem distinguir-se pela novidade, a inovação e acima de tudo pela qualidade.

Segundo Acácio de Sousa, a edição de 2018 do Música em Leiria “antecipou as datas em relação ao habitual, por razões relacionadas com a carga de atividades que há em junho, e como sentimos que nesta altura não há tanta actividade, decidimos trazer espectáculos de grande qualidade a um período mais morno em termos de programação cultural”, explicou.

Convidados na apresentação do Festival Música em Leiria, o director do Orfeão de Leiria classificou o festivalConvidados na apresentação do Festival Música em Leiria como “uma marca do país”, “só possível graças à idoneidade e à qualidade daquilo que apresentamos”, aos apoios e aos mecenas, públicos e privados que permitem que “o festival seja sustentado e se pague a si próprio”.

Acácio de Sousa destacou as três principais componentes do festival: a consolidação da atuação conjunta de artistas locais e amadores com artistas já consagrados, a internacionalização com a presença de mais artistas estrangeiros e a promoção do festival em termos nacionais, que promove também a região, “não sendo, por isso, um custo mas sim um investimento.”

Por seu turno, António Vassalo Lourenço destacou como novidades, a alteração das datas do festival em 2018, prometendo que, “se correr bem, será uma aposta para continuar”, bem como a “aposta forte na internacionalização do festival”. Outra das opções da organização passa por “continuar a apresentar músicos da região e, ao mesmo tempo, trazer referências da música portuguesa e internacionais”.

Segundo o director artístico, a 36ª edição do Música em Leiria “aposta também na interculturalidade com a presença da música tradicional goesa através das Portugoesas” e da “presença de Ketevan Cantata que apresenta música hinduísta” e se “cruza no palco com o Coro do Orfeão de Leiria”.
Aluno de Guitarra do Orfeão de Leiria atuou nesta sessão António Vassalo Lourenço destacou ainda a criação portuguesa com o concerto “Agora Muda Tudo”, com Maria João, versos de José Luís Peixoto, música do Ensemble Darcos e direcção de Nuno Côrte-Real, ou “Missa Brevis” de João Gil, com vozes de Luís Represas e Manuel Rebelo e ainda a antestreia do espectáculo de dança da Companhia de Olga Roriz “A meio da noite”, em homenagem a Ingmar Bergman.

festival-musica-em-leiria-inicia-se-com-maria-joao-e-encerra-com-ute-lemper

Por outro lado, António Vassalo Lourenço apresentou a atuação da alemã Ute Lemper como exemplo da “aposta forte na internacionalização do festival”, no dia 20 de abril, com interpretações das Berlin Cabaret Songs, das canções de Marlene Dietrich, de Edith Piaf, de Jacques Brel ou Astor Piazzolla.

A finalizar, Gonçalo Lopes destacou a coragem da organização em “antecipar o festival para uma altura em que a nível nacional e local temos menos actividade cultural”. O vice-presidente do Município de Leiria destacou ainda a “importância do festival e da cultura para o desenvolvimento das nossas comunidades” e “o trabalho colaborativo de toda a organização e parceiros na realização de um evento de alta qualidade”.

O 36º Festival “Música em Leiria” decorre entre 16 de março e 20 de abril de 2018. Os bilhetes para os concertos de abertura e encerramento estão à venda na bilheteira do Teatro José Lúcio da Silva e também online em http://www.teatrojlsilva.pt

Programa:

16 de março, 21h30, Teatro José Lúcio da Silva, Leiria
“Agora Muda Tudo” Ensemble Darcos com Maria João

24 de março, 21h30, Teatro José Lúcio da Silva, Leiria
“Requiem de Verdi”, Orquestra Filarmonia das Beiras com Coro do Departamento de Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, direcção de António Vassalo Lourenço

28 de março, 21h30, Teatro José Lúcio da Silva, Leiria
Orquestra de Estágio de Sopros de Leiria, direcção de André Granjo

31 de março, 17h, Igreja de São Francisco, Leiria
Ketevan Cantata com Coro do Orfeão de Leiria, direcção de Vasco Negreiros

4 de abril, 21h30, Teatro Miguel Franco, Leiria
“Chorinhos com sotaque português”, Furum Fum Fum.

6 de abril, 21h30, Casa da Cultura-Teatro Stephens, Marinha Grande
Música Goesa Tradicional com Portugoesas

7 de abril, 21h30, Igreja do Mosteiro da Batalha
“Missa Brevis” de João Gil, por Ensemble Cantante.

11 de abril, 21h30, Escola Superior de Educação de Leiria
Quinteto de Metais de Leiria com Augusto Baschera e Paulo Bernardino

14 de abril, 21h30, Teatro José Lúcio da Silva, Leiria
“A meio da noite”, Companhia de Olga Roriz

15 de abril, 17h, Igreja de São Francisco, Leiria
Orquestra Sinfónica de Leiria, direcção de Pedro Neves

20 de abril, 21h30, Teatro José Lúcio da Silva, Leiria
Concerto de encerramento
Ute Lemper

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s