A vida gosta de me atirar ao chão

A vida gosta e vive atirando-me ao chão. Talvez agora esteja a começar a entender que aquilo a que chamamos de rasteira, sejam ensinamentos da vida. São parte de um misto de coisas, que são realmente necessárias para o nosso crescimento como pessoa. São aprendizagens!

Filipe Miguel

A vida gosta e vive atirando-me ao chão. Talvez agora esteja a começar a entender que aquilo a que chamamos de rasteira, sejam ensinamentos da vida. São parte de um misto de coisas, que são realmente necessárias para o nosso crescimento como pessoa. São aprendizagens!
Mas ainda tem aquelas coisas que são apenas consequências de nossas atitudes e das nossas escolhas, mas que na hora da queda esquece-mos.
Todas as quedas, rasteiras, tombos e tropeços da vida são aprendizagens para nos levantarmos com mais força ainda. Porque tudo nesta vida é uma imensa e uma intensa aprendizagem.
Não importa como caímos. Importa é como nos levantamos.

Tudo é uma questão de sabedoria e leveza de espírito.
O nosso olhar pode transformar tudo em vitórias ou em derrotas, depende sempre caímos, levantamos e gerimos as quedas.
A vida é isto mesmo: cair e levantar.
As quedas são ensinamentos para que através…

Ver o post original 309 mais palavras

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s