Boa noite

Standard

Boa noite!
“Um beijo pode ser a cura para toda a saudade e afastar as nuvens negras.”

Filipe Miguel

8 Boa noite.jpg

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Já disponível em livro à venda nos locais habituais e em http://www.chiadobooks.com/livraria/amores-clandestinos

Anúncios

Um Gerês a explorar

Standard

O verão começa algo muito tímido, mas que não nos falte ganas para o viver. Por isso é altura de começar a fazer planos porque o calor não tarda e é tempo de sair e acolher o melhor desta estação.  Destino: Terras de Bouro e Parque Natural da Peneda-Gerês.

Rio Homem

Rio Homem

As serras e as paisagens de um verde exuberante apenas cortadas pelos cursos dos rios que as atravessam e os lugarejos que mais parecem esquecidos no tempo.

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERA

O território em causa é extenso e os atrativos são mais que muitos, todos eles repetidamente mencionados em qualquer guia de turismo, como as termas do Gerês, a aldeia comunitária da Ermida, as cascatas do Arado e do Tahiti e por isso mesmo, é um destino a repetir-se até lhe explorarmos todas as maravilhas que tem para oferecer.

Pelas aldeias de Terras de Bouro
No primeiro percurso exploramos as aldeias fronteiriças com o Parque Natural da Peneda-Gerês, em Terras de Bouro, tendo como ponto de partida Valdosende e destino a Albufeira Vilarinho das Furnas.

Abadia

Abadia

Abadia, a primeira paragem. Localizada na encosta de uma montanha, completamente isolada, esta aldeia é rodeada por uma natureza virgem e um silêncio ritmado pelo som do ribeiro e das quedas de água que há ali mesmo ao lado. Aqui destaca-se um terreiro ladeado de plátanos e que dá acesso ao adro do Santuário da Nossa Senhora da Abadia, construção dos séculos VII e VIII, considerado o templo mariano mais antigo de Portugal. à sua esquerda destaca-se ainda uma gruta cavada na pedra da montanha, com uma fonte e imagem de Nossa Senhora.

Santa Isabel do Monte

Santa Isabel do Monte

Segue-se a aldeia de Santa Isabel do Monte, com uma pausa junto à Igreja de Santa Isabel, por aquelas horas apenas procurada por vacas e bois da raça cachena e cavalos selvagens. Já em Brufe, terra mais árida, pintada por espigueiros, casas e ruelas graníticas, uma senhora bem idosa, vestida de preto, toda curvada, carregando às costas um monte de palha. A fome aperta à chegada de Covide e aí não se pode perder a oportunidade de almoçar umas pataniscas de bacalhau com arroz de feijão no Cantinho de Antigamente, restaurante de cozinha rural com uma generosa vista sobre a serra.

Para quem dispuser de mais tempo, há muitas mais aldeias para conhecer ao longo deste percurso, além dos vestígios romanos, museus arqueológicos e outros locais para aventura e desportos náuticos, é só consultar um mapa e consegue-se “picar” todos estes pontos de interesse. Segue-se finalmente para a Albufeira Vilarinho das Furnas, onde ainda se encontram vestígios da aldeia engolida pelas águas da barragem em 1791. Até lá, é de se aproveitar as vistas de tirar o fôlego de que se usufrui pela estrada que percorre as margens do Rio Homem. todo um miradouro natural.

Albufeira Vilarinho das Furnas

Albufeira Vilarinho das Furnas

No regresso a Valdosende, a opção é seguir pelas estradas N307 e N308, rentes ao parque natural e assim finalizar o percurso em S. Bento da Porta Aberta, que depois de Fátima é o templo religioso mais visitado do país, edifício a céu aberto e por isso interessante visitar e ainda podemos ver a Marina do Rio Caldo.

Parque natural adentro
O segundo percurso tem início na Albufeira da Caniçada, no Rio Cávado, que alberga nas suas margens bonitas praias fluviais. Aqui não se pode deixar de explorar o Parque Natural Peneda-Gerês, primeira área protegida criada em Portugal, única com estatuto de parque nacional, devido à riqueza do seu património cultural e natural, com ecossistemas quase intocáveis.

Aldeia Comunitária da Ermida

Aldeia Comunitária da Ermida

Daqui, o próximo destino é seguir para norte para destino final Portela do Homem, na fronteira com Espanha, pelo caminho podemos fazer um desvio para nordeste, de forma a avistar a aldeia comunitária da Ermida e a fazer uma paragem pelo miradouro de Pedra Bela e se pode avistar as direções para as cascatas mais famosas, a do Arado e a Tahiti.

Miradouro Pedra Bela

Miradouro Pedra Bela

Seguimos para Portela do Homem, atravessando devagar devagarinho a Mata de Albergaria, um dos mais importantes bosques do parque, anfiteatro gigante da natureza, cheia de recantos agrestes e riachos. Guarda também um troço da via romana, com as suas pontes e marcos miliários. Para maior preservação desta tão frágil área, o trânsito é controlado e são proibidos as paragens e os estacionamentos.

Lagoas no Rio Homem

Lagoas no Rio Homem

Chegados à fronteira, consegue-se largar o carro e meter os pés a caminho… da cascata ali ao lado ou de lagoas. Segue-se por um trilho assinalado à entrada do bosque, mesmo em frente à fronteira. Em 15 minutos chega-se às lagoas do Rio Homem, bem perto da Ponte de São Miguel.

“nas matas do Ramiscal ou de Albergaria, no vale do Homem ou embrenhado na serra do Gerês, vive-se uma exuberância natural sem paralelo em Portugal”.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Santa Isabel de Aragão, Rainha de Portugal  — Paróquia Rainha Santa Isabel

Citação

Isabel de Aragão, Rainha de Portugal D. Isabel Infanta de Aragão Santa Isabel de Portugal, Retrato idealizado criado porFrancisco de Zurbarán, c. 1635 (Museu do Prado) Rainha de Portugal Reinado 2 de fevereiro/24 de junho de 1282 – 7 de janeiro de 1325 Antecessor(a) Beatriz de Castela Sucessor(a) Beatriz de Castela Cônjuge Dinis I de Portugal Descendência Constança de Portugal Afonso IV […]

via Santa Isabel de Aragão, Rainha de Portugal  — Paróquia Rainha Santa Isabel

Livro Amores Clandestinos

Standard

“…
…na vida nada é seguro, existem surpresas pelo caminho umas boas outras menos boas, mas temos que saber aceitá-las.
…”

Filipe Miguel

2 Interrogações da vida     Amores Clandestinos.PNG

Este pequeno excerto foi retirado do livro “Amores Clandestinos”.
O livro já se encontra à venda nos locais habituais e em http://www.chiadobooks.com/livraria/amores-clandestinos

Pensando, Sonhando, Vivendo e Refletindo

Standard

“A cada novo acordar, agradecer a Deus por mais um dia e mais uma oportunidade de viver.
A vida é composta de instantes, de momentos e de pessoas que amamos.
Antes que seja tarde demais, que não fique nada por fazer, por viver e por falar.
A vida é, pequenos fragmentos de felicidade!”

Filipe Miguel

8-Pensando, Sonhando, Vivendo e Refletindo.jpg

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Já disponível em livro à venda nos locais habituais e em http://www.chiadobooks.com/livraria/amores-clandestinos

Boa tarde

Standard

Boa tarde!
“Que ninguém tire a beleza, o aroma e a vontade de seres feliz. A felicidade está dentro de ti!”

Filipe Miguel

8 Boa tarde.jpg

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Já disponível em livro à venda nos locais habituais e em http://www.chiadobooks.com/livraria/amores-clandestinos