Dia Mundial da Alergia

Standard

A data da Organização Mundial da Saúde (OMS) visa alertar as pessoas sobre a importância do tratamento das alergias, visto que em certos caso as alergias podem provocar a morte. Neste dia pode informar-se melhor sobre as alergias e visitar o médico de família, por exemplo.

A alergia é um dos quadros clínicos cada vez mais frequente, em que a função respiratória aparece prejudicada.

Na ótica da Medicina Chinesa, a doença é encarada como um desequilíbrio energético que compromete todo o sistema.
Está em causa o equilíbrio do sistema imunitário e o equilíbrio do sistema respiratório. E estes equilíbrios dependem de outros sistemas internos, que implicam questões alimentares, emocionais e “cuidados de vida” tantas vezes prejudicados por excessos.
Reestabelecer a circulação saudável deste sistema é o objetivo terapêutico da Acupuntura. A sua contribuição é insubstituível na obtenção de resultados a longo termo.

O MÉTODO PEDRO CHOY trata alergias, e trata ao nível dos sintomas mas também da causa, forma única de se promoverem os devidos reequilíbrios no funcionamento do organismo.
Acupunctura, Tui Na, Fitoterapia, Dietética… são alguns dos aspetos abordados no tratamento.

Alergias mais comuns
As alergias mais comuns em Portugal são as alimentares e as respiratórias (pólenes, ácaros, fungos, pelos de animais).

Nos adultos, as alergias alimentares mais frequentes são aos peixes, mariscos e certas frutas. Nas crianças, as alergias alimentares mais comuns são às proteínas do leite de vaca, mariscos e ovos.

As alergias alimentares manifestam-se com coceira e inchaços nos lábios, vómitos, diarreia, pele irritadiça e rouquidão. As alergias respiratórias provocam espirros, falta de ar, coriza, tosse, coceira nos olhos e dores de cabeça. Já as alergias a medicamentos podem provocar náusea, vómitos ou dificuldades respiratórias.

Sabia que?
Estima-se que metade dos europeus sofre de alergias.
Um terço das crianças europeias sofre de alergias.
Um lençol pode conter um milhão e meio de ácaros, mas deixar a cama por fazer por meia hora é suficiente para os matar.
Em Portugal, as doenças respiratórias são responsáveis por 15 milhões de dias de baixa anuais, por cinco milhões de consultas e 1,8 milhões de idas às urgências.

Dia Mundial da Alergia.jpg

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s