Tem dias que sobrevive-se

Vai-se vivendo nos entretantos, sem certezas, um dia de cada vez, esperando por alguém que faça sentido na nossa vida. E no entretanto a vida continua…!
Sobrevive-se vivendo uma vida paralela e deixando a nossa em suspense, à espera de alguém que nunca se vai decidir e que nunca vai chegar. Talvez um dia percebamos o porquê! Talvez um dia…
Somos nós os culpados. A ganância não se fica só pelo materialismo, a nível sentimental também o somos. Será que é assim tão grave o nosso egocentrismo? Será que não o devemos ser? Dedicamos uma parte da nossa vida ao trabalho e aos outros. E a nós, não devíamos tirar proveito e aproveitar parte da vida a nós? O melhor que podemos ter, ou receber, é a reciprocidade. Porque não devem os outros dedicar um tanto deles como eu a eles?
Por isso eu digo. Protege os teus sonhos, senão o dia passa e eles esfumam-se!

Filipe Miguel

Tem dias que sobrevive-se.jpg

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Já disponível em livro à venda nos locais habituais e em http://www.chiadobooks.com/livraria/amores-clandestinos

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s