Livro Amores Clandestinos

“…
Eu ouço-te. De alguma forma ouço-te no silêncio das palavras que não me dizes. De alguma forma sinto o teu calor na escuridão fria do dia. Será que me consegues ouvir? Há tanto ruído nos meus gestos, tanta brusquidão no meu silêncio. Mas ouve-me, ouve-me mesmo quando as palavras mortas apenas esvoaçam.
…”

Filipe Miguel

2 Ouço-te no silêncio das palavras Amores Clandestinos.PNG

Este pequeno excerto foi retirado do livro “Amores Clandestinos”.
O livro já se encontra à venda nos locais habituais e em http://www.chiadobooks.com/livraria/amores-clandestinos

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s