Dia dos Irmãos

Standard

Dia dos avós, dia das mães, dia dos pais, dia dos irmão… Aliás, dia do irmão não existe de forma oficial em nenhum país.
Na Índia por exemplo, alguns dizem que o dia do irmão é o último sábado do mês de março, nos EUA a data seria dia 19 de setembro, data que tem um site oficial e uma página no Facebook, mas também não é oficial. Por tanto, o dia do irmão não existe em nenhum calendário de datas comemorativas, mas você pode adotar a data brasileira de 5 de setembro, a qual também está incluída em uma página do Wikipédia.

O Dia do Irmão é comemorado no dia 5 de setembro, celebrado neste dia em homenagem ao aniversário de falecimento da missionária Madre Teresa de Calcutá, morta neste dia em 1997.
A indicação da data é uma iniciativa da Igreja católica, lançada em 1999, pelo Padre Miguel Elias Alderete Garrido, com apoio especificamente da irmã Nirmala, que sucedeu Madre Teresa.
O Dia do Irmão, não está associado estritamente aos irmãos consanguíneos, seu conceito é ampliado para “irmão” associado ao “próximo”, ou seja, o “nosso semelhante”.

Um irmão para toda a vida
O que pode ser mais valioso e saudável que uma boa relação entre irmãos. Os mais velhos representam para os mais jovens a força, inspiração, coragem, ás vezes são observados como super-heróis.
Para os mais velhos, os irmãos que nasceram depois de si, possibilitam a continuidade de sua infância, e a possibilidade de continuar com suas brincadeiras divertidas.
Saiba que o maior propósito dos irmãos deveria ser de apoio incondicional, de um para o outro, como está nos fundamentos religiosos e sociais do significado da palavra.
Que seguissem juntos os caminhos da vida, sem permitir que as advertências ou diferenças de opinião fossem motivos para romper, muito menos aceitar que outros interferissem na sagrada relação de irmãos.

O que dar de presente no Dia do irmão?
Caso você adote a comemoração e resolva presentear o seu irmão além de um abraço. Escolher um presente para alguém nem sempre é uma tarefa fácil, ainda mais quando se trata de alguém que conhecemos tão bem a ponto de não saber qual seria o melhor presente para agradá-lo no dia do irmão.

As maiores implicâncias entre irmãos
Alguns irmãos passam horas intermináveis, com discussões aleatórias sobre quem fez, ou deixou de fazer. Fica complicado para os pais, administrar tantas controvérsias, sem muitas vezes poder tomar partido.
As maiorias destas disputas são por coisas banais, e tendem a passar após alguns períodos de tórridas discussões. Entre as reclamações mais comuns e motivos de brigas entre irmãos, temos:

Quando são menores:
1. Brinquedos;
2. Programas de televisão;
3. Presentes;
4. Guloseimas.

Já os maiores:
1. Usar roupas e outros objetos, sem permissão;
2. Controle da televisão;
3. Presentes;
4. Invasão da privacidade.
De fato, os motivos variam, mas o que não deve acontecer é a atenção em excesso aos rampantes de fúria, e as agressões físicas entre irmãos.
A calmaria tende a chegar, e logo os ânimos se acalmam, afinal não tem outra opção a não ser se entender.

Como podemos ser bons irmãos
Não somente no dia do irmão, devemos aproveitar para refletir sobre como podemos ser bons para nossos irmãos, sejam consanguíneos ou não, e estabelecer uma relação de respeito e ajuda durante toda a vida.
Muito justo e apropriado é aproveitar esse dia para uma reflexão, primeiro sobre si próprio. Proposta está para encontrar uma resposta que sirva para o passo seguinte: Como viver melhor a cada dia com meus irmãos.

Se você não fala muito ou simplesmente não fala com o seu irmão, aproveite a data especial para deixar o orgulho e mágoas de lado e mude o ciclo das coisas. As vezes um simples gesto pode ser mais valioso do que qualquer presente que você possa dar. E afinal, é o que realmente importa. Estar de bem com os outros e com si próprio.

O Pe.Miguel é benevolente nas suas palavras quando nos diz que devemos nos doar neste dia do irmão:
– Recebendo o necessitado, não necessariamente aquele que necessita de bens materiais;
– Alimentar a quem tem fome, não somente no sentido figurado;
– Abrindo as portas de nossa casa aos mais necessitados. Essas portas também são as portas do coração.

Enfim ser misericordioso, a interpretação dos paradigmas do Padre Miguel, vale para os irmãos consanguíneos e os fraternais. E para complementar seria muito bom, que as intrigas entre irmãos fossem banidas deste mundo.

Coisas que os irmãos podem fazer todos os dias
Quem tem um irmão, não vive na monotonia. São muitas coisas legais que podem fazer juntos, como por exemplo:
– Muitas brincadeiras, que só os irmãos sabem desenvolver e o que significa;
– Jogos, sendo que a maioria quase sempre é para ser de no mínimo dois participantes;
– Servir de companhia, principalmente para pais atarefados;
– Dividir as tarefas;
– Na adolescência frequentar as festas juntos;
– Assistir muito filme com pipoca.

E mais uma lista inacabável de ótimas oportunidades e coisas interessantes. Lembrando sempre, que nossos irmãos serão, além de tios dos nossos filhos, ótimos padrinhos.
Então, não espere que o dia 5 de Setembro seja decretado oficialmente dia do irmão. Pratique os ensinamentos de Madre Tereza de Calcutá, faça de sua história uma inspiração para sua vida.
Não deixe passar em branco, homenageie seus irmãos consanguíneos, adotivos e os fraternais também.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s