Dia de Santa Tecla

O Dia de Santa Tecla festeja-se a 23 de setembro.
Santa Tecla é considerada a primeira mulher mártir e a padroeira dos agonizantes.
A santa não é referida na Bíblia, mas no livro Atos de Paulo e Tecla, considerado apócrifo. Santa Tecla terá nascido por volta do ano 30 d.C em Seleucia, Turquia, no seio de uma família rica e pagã, com a qual ela não se identificava.
Segundo o livro dos Atos de Paulo e Tecla, o apóstolo Paulo ficou hospedado em Icónio, na casa de um vizinho de Tecla. Tocada pela pregação de São Paulo e pelos louvores do santo ao valor da virgindade, Tecla decide cancelar o seu casamento, que já estava combinado, e nem os esforços do noivo ou dos pais dissuadiram Tecla, que desejava dedicar a sua vida ao Evangelho.
O pretendente de Tecla denunciou São Paulo, que foi preso. Com as visitas de Tecla a Paulo na prisão, a ira do seu pretendente e das famílias dos noivos aumentou, o que levou a que Tecla fosse acusada ao governador da cidade e condenada à morte na fogueira. Contudo, uma tempestade terá salvo milagrosamente a santa de morrer queimada.
Tecla deixou a sua terra natal e seguiu São Paulo nas suas missões de pregação. Em Antioquia, um nobre apaixona-se pela beleza de Tecla e tenta raptá-la, perante a sua recusa em casar com ele. Tecla luta com ele para se salvar, e este leva-a a julgamento por agredir um nobre. Novamente condenada, Tecla é atirada às feras do circo, mas estas começam a lamber as mãos da santa em vez de atacar e comer a santa.
Todas as tentativas de torturar Tecla saíram furadas. Tecla foi libertada e por muitos anos pregou a palavra de Deus, curando doentes e convertendo os pagãos.
Feiticeiros pagãos invejando a popularidade da santa tentaram matá-la. Segundo a lenda, quando estes a perseguiam, Tecla suplicou a Deus por ajuda e uma rocha se abriu para esconder a virgem. Santa Tecla terá morrido aos 90 anos. Em Ma’loula, Síria, existe um convento dedicado à santa, chamado Deir Mar Takla, construído junto ao local onde a rocha se abriu para a esconder. Algumas das suas relíquias encontram-se numa catedral em Milão.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s