Dia de São Benedito (Brasil)

O Dia de São Benedito é comemorado anualmente em 5 de outubro no Brasil.
Esta data é celebrada por toda a comunidade católica, como uma homenagem e devoção ao santo considerado o padroeiro dos afro-descendentes, cozinheiros e donas de casa: São Benedito.
O Brasil é o único país que comemora o Dia de São Benedito em 5 de outubro, graças a uma deferência canônica especial concedida à Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, pelo Vaticano, em 1983. Nos demais países do mundo, esta data é celebrada em 4 de abril, data da morte de São Benedito.

História de São Benedito
Benedito Manasseri nasceu em 1526, na ilha da Sicília, na Itália, em uma família de escravos africanos. Por ser negro, sofreu muito preconceito durante a infância.
A família de Benedito sempre fora muito fervorosa em sua fé católica. Durante a sua infância, Benedito pastorava ovelhas nas montanhas, mas, ao completar 21 anos ingressou numa comunidade eremita da Irmandade de São Francisco de Assis.
Benedito era conhecido pela sua humildade e desapego aos bens materiais, vivendo uma vida simples e feliz, seguindo os ensinamentos de Cristo e extremas penitências religiosas.
Vários nobres, teólogos, sacerdotes, ricos e pobres procuraram os conselhos e os direcionamentos religiosos de Benedito, transformando-se numa personalidade de grande influência religiosa na cidade de Palermo, onde residia.
Benedito morreu em 4 de maio de 1589, como um simples frade franciscano na cozinha do convento onde trabalhava, em completo desapego às coisas terrenas.
São Benedito foi canonizado em 1807 pelo papa Pio VII.

Oração de São Benedito
“Glorioso São Benedito, grande Confessor da fé, com toda confiança venho implorar a vossa valiosa proteção. Vós, a quem Deus enriqueceu com os dons celestes, impetrai-me as graças que ardentemente desejo, para maior glória de Deus.
Confortai o meu coração nos desalentos! Fortificai minha vontade para cumprir bem os meus deveres! Sede o meu companheiro nas horas de solidão e desconforto!
Assisti-me e guiai-me na vida e na hora da minha morte, para que eu possa bendizer a Deus nesse mundo e gozá-lo na eternidade. Com Jesus Cristo, a quem tanto amastes.
Assim seja. Amém!”

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s