Amar verdadeiramente

Quando se ama verdadeiramente, ama-se e pronto!
O Amor não vive de ilusões, teorias e ou de sobras!
O Amor procura ficar dentro do outro corpo, cria raízes.
O Amor só faz sentido quando se usa verdadeiramente o termo: Amar!
O termo amar por vezes é confundido com outros sentimentos. Como com o gostar, com a paixão, com as emoções, com as atrações… Amar são todos estes sentimentos juntos. Por isso, à quem confunda um destes sentimentos com o Amar e quando o fazem, fazem-no num momento de exaltação e não porque saibam mesmo o que é Amar, mas num momento de excitação e entusiasmo de alma e num estado de paixão excessiva.

O gostar usa-se quase para todos os fins, por isso a confusão que pode se abater em alguns casos.
Amar alguém é tudo! E quando digo tudo, é mesmo tudo. É a entrega de corpo, alma e coração. Estar sempre presente e pronto em qualquer circunstância sem cobranças. Vai muito além e muito diferente do apenas gostar.

Amar alguém, ou é ou não é. Não há cá meios termos, não dá. Não funciona!
Ama-se e pronto! Sem mais mas nem meios mas e nem porquês, não são precisos para nada, nem inventar nada!
A vida é e tem de ser bem mais simples e bem mais alegre. Menos complicada, porque só estamos cá uma única vez. E esta é a única vez!

Filipe Miguel

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Amar verdadeiramente

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s