Um grande amor

Como se esquece um grande amor assim?
Um grande amor não é sorte. Precisa de coragem, comprometimento, esforço, vontade, tentar entender o outro, saber perdoar, aceitar…
Um grande amor é ver além do começo.
Um grande amor, é amar e lutar por algo que não se apalpa mas que se sente, que movimenta os corpos desconhecidos a conhecerem-se e a viverem unidos para o resto da vida.
Não deixem passar ao lado as oportunidades que a vida oferece.

O amor é algo inexplicável. É amor quente, avassalador, eterno, não traduzível em palavras.
O que ontem era considerado certo, hoje é incerto ou vice versa. As mudanças surgem sem nós esperarmos ou sabermos porquê.
O que senti e o que descobri quando te vi, senti o amor, o quente, o eterno…
O verdadeiro amor é aquele que mesmo que não o possas ter junto a ti, é eterno.
Tomara que sentisses o mesmo, mas não tens o mesmo termo de comparação como eu tenho, não sentes a urgência na expressão dos anseios, sentimentos, carências, desejos. Não tens medo de que o tempo se esgote antes de o resto da vida começar. Não tens medo de perder-me, porque nem te atreves a sentir, a viver, a Amar.
Amar, é a felicidade que torna a alma motivada.
E é neste estado de alma que começa aquele grande Amor!

Filipe Miguel

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Um grande amor

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s