Lisboa: as primeiras imagens da Ponte 25 de Abril

Começou por se chamar Ponte Salazar, mas a revolução dos cravos deu-lhe o nome merecido. Descubra as primeiras e raras imagens da Ponte 25 de Abril, em Lisboa.

“Dou graças a Deus e declaro aberta ao tráfego e ao serviço da nação a Ponte Salazar”. Cem milhões de pessoas por toda a Europa colaram-se à televisão para assistir à inauguração da que seria a maior ponte do continente. Era um sábado de sol, aquele 6 de Agosto de 1966. Depois de se tocar o hino nacional, de vinte e um tiros se terem ouvido em Almada e de o cardeal Cerejeira ter abençoado a construção, abriu finalmente “o grande símbolo do futuro”, como descreveu o Diário de Notícias do dia seguinte.

O primeiro automóvel a circular ao longo dos quase 2.300 metros do tabuleiro da Ponte Salazar, mais tarde rebaptizada de Ponte 25 de Abril, foi um carro da Polícia de Viação e Trânsito, que fazia segurança do carro onde seguia a mulher de Américo Tomás, presidente da República na altura, e de um outro carro no qual viajava António de Oliveira Salazar. Só às 15 horas é que o povo português pode circular na ponte que custou à época dois milhões e 200 mil contos (cerca de 11 milhões de euros): o primeiro carro civil a atravessar a ponte para “a outras banda” foi um Austin-Seven verde com a matrícula “DC–72–48”. Nas primeiras dez horas, seguiram-se 50 mil automóveis e cerca de 200 mil pessoas a bordo deles.

A construção de uma ponte sobre o Tejo era um plano muito antigo do Governo português, mas apenas nos anos cinquenta é que foram dados passos efectivos nesse sentido. O engenheiro José Estevão Canto Moniz, que viria a ser ministro da Comunicação, abriu um concurso internacional que recebeu quatro projectos. Em 1960, a empresa norte-americana United States Steel Export Company ganhou os direitos de construção, vinte e cinco anos depois de ter enviado para Portugal um primeiro plano de construção para uma ponte suspensa no rio Tejo.

A construção começou em 1962 e terminou quatro anos mais tarde. Muitos compararam-na à Golden Gate de S. Francisco nos Estados Unidos, principalmente por causa da cor, da forma e dos materiais da ponte. Mas, na verdade, inspirou-se na ponte erguida na Baía de Oakland, também ela em São Francisco, pela mesma empresa. Desta última herdou a disposição dos ferros dos pilares, em “X”.

Veja imagens da construção e dos primeiros dias de vida da Ponte 25 de Abril, que o Observador encontrou no Arquivo Municipal de Lisboa e da Biblioteca de Arte da Fundação Calouste Gulbenkian.

Ponte 25 de Abril 1Ponte 25 de Abril 2Ponte 25 de Abril 3Ponte 25 de Abril 4Ponte 25 de Abril 5Ponte 25 de Abril 6Ponte 25 de Abril 7Ponte 25 de Abril 8Ponte 25 de Abril 9Ponte 25 de Abril 10Ponte 25 de Abril 11Ponte 25 de Abril 12Ponte 25 de Abril 13Ponte 25 de Abril 14Ponte 25 de Abril 15

Ponte 25 de Abril 16
Imagens desde a construção da ponte até à sua inauguração. Ponte 25 de Abril (Ponte Salazar)

 

 

 

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s