Dia do Protesto Mundial contra o Uso do Eletrochoque

Dia 22 de outubro é Dia mundial do Protesto contra o Uso do Eletrochoque

“Com frequência vários estudos são disparados nas mídias televisas, escritas e online com vários aspectos que, se analisados tecnicamente, fora da abordagem jornalística do tema geram mais sensacionalismo do que benefícios aos usuários na sua prática diária e clínica. Em relação a Alzheimer ou TDAH são frequentes “memes” e publicações leigas on line que usam um ou outro artigo sem relevância científica e provocam ansiedade e desinformação.
Assistindo ao vídeo abaixo e com base nos artigos atualizados, este estudo/teste norte americano e os entrevistados demonstram a fase experimental e pouco regulada tanto em medição de efeitos, quanto de condições impeditivas ou de seus efeitos colaterais.
Recentemente no Congresso Brasileiro de Alzheimer, o Diretor Científico da ABRAz e neuropesquisador da Universidade Federal de São Paulo/ Escola Paulista de Medicina Dr. Paulo Henrique Ferreira Bertolucci, nos esclareceu sobre as mídias e a realidade sobre os fatos publicados, e a Estimulação Magnética ou Elétrica Trancraniana possuem adeptos e estudiosos, porém que ainda carece de comprovação científica dos métodos e a quais condições ou doenças podem ser até interessantes como apoio, mas que nada existe comprovado e que o uso da estimulação magnética (TEM) foi autorizado no Brasil e em outros países como representação de vendas de equipamentos e para prática de estudos e não destinada a nenhuma doença ou alteração de aprendizagem, mas não nos EUA.
Além disto, alertou sobre o perigo desta técnica devido criar um possível mercado de venda de equipamentos e da autoaplicação que pode provocar danos cerebrais como a atual síndrome por exposição a ondas eletromagnéticas, recém incluída no rol do CID – Código Internacional de Doenças.
A estimulação cognitiva e prevenção a saúde do cérebro vem da boa alimentação, atividade esportiva regular e por exercícios para o cérebro como Brain Fitness ou leitura a partir dos 26 anos, bem como o apoio medicamentosos e de terapias em doenças ou transtornos devidamente diagnosticados por profissionais médicos.
Para maiores condições de aplicação do Método Supera e informação aos nossos alunos e fãs, mantemos estudos constantes e participação ativa em congressos, e afirmamos que a estimulação realizada por exercícios com uso de ábaco, jogos e sites interativos são a maneira segura e comprovada cientificamente de prevenção em doenças cerebrais degenerativas e de aumento das inteligências.” Equipe Supera Franca

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Dia do Protesto Mundial contra o Uso do Eletrochoque

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s