Titanic II chega em 2022 e vai fazer a mesma rota do navio original de 1912

A construção da réplica do Titanic foi retomada recentemente, pondo fim às disputas em torno do projeto avaliado em 500 milhões de dólares.
A ideia começou em 2012 e os trabalhos foram retomados em Setembro. Navio tem espaço para mais de 2 mil passageiros e terá muitas embarcações salva-vidas.
Oplano inicial era construir o Titanic 2 de forma a estar pronto para navegar em 2016. Depois, 2018. Finalmente agora parece surgir uma data definitiva: 2022. Depois de conflitos com um grupo chinês sobre direitos de autor, o empresário australiano Clive Palmer – um ex-político que se tornou multimilionários nos negócios do níquel, ferro e carvão – está finalmente quase a ver transformado em realidade o seu sonho de décadas: fazer uma réplica daquele foi, durante escassos onze meses (de maio de 1911 a abril de 1912), até se afundar no Atlântico na sua viagem inaugural entre Southampton e Nova Iorque, o maior navio de passageiros do mundo, o Titanic ((269 metros de comprimento).

Chama-se Titanic II e é uma réplica exata do histórico navio que naufragou em abril de 1912 causando a morte a mais de 1500 pessoas. Exatamente 110 anos depois do navio original ter saído do porto britânico de Southampton com destino a Nova Iorque, do outro lado do oceano Atlântico (onde nunca chegou devido ao embate fatal com um icebergue), em 2022 o Titanic II vai fazer a sua viagem inaugural, ao longo de duas semanas, entre o Dubai e Southampton, antes de depois partir para Nova Iorque, recriando assim a rota original, de acordo com o USA Today.

“O navio fará a viagem original, transportando passageiros de Southampton até Nova Iorque, mas também realizará circum-navegações ao globo, inspirando e encantando as pessoas enquanto atrai atenção, mistério e intriga sem par em qualquer porto a que chegue”, afirma Clive Palmer. O empresário garante que a primeira viagem pode acontecer em 2022, enquanto a Blue Star Line, a empresa de Palmer com o projecto a cargo, prefere não indicar datas.

As obras do navio foram suspensas em 2015 (um ano antes do prazo limite anunciado), por razões financeiras, mas a empresa Blue Star Line não desistiu do projeto. A construção da réplica do Titanic foi retomada recentemente, pondo fim às disputas em torno do projeto avaliado em 500 milhões de dólares.

O novo navio Titanic II será uma réplica exata e terá a mesma disposição de cabines que o original, construído nos estaleiros da Harland and Wolff em Belfast, na Irlanda. Mas desta feita as obras de construção estão, neste momento, a decorrer na China, de acordo com o USA Today e está agendada para sair na data que se comemora o aniversário de 110 anos do navio. A capacidade também será igual: 2400 passageiros e 900 tripulantes. A Blue Line Star garante, no entanto, que o novo navio será equipado com tecnologias de navegação de última geração, coletes e barcos salva-vidas de sobra.
Esta será a grande diferença face ao Titanic original: toda a gente terá desta vez lugar em embarcações salva-vidas.
Em 1912 esse foi o problema mais grave do navio. Os vinte barcos salva-vidas só tinham capacidade para 1178 pessoas – ou seja, um terço da capacidade total do navio. O Titanic partiu para a sua primeira (e única viagem) com 1316 passageiros a bordo: 325 na 1ª classe, 285 na 2ª e 706 na 3ª, além de cerca de 900 tripulantes.
No afundamento, que aconteceu depois de o navio embater num iceberg e tendo já percorrido 2500 quilómetros, terão morrido cerca de 1500 pessoas, 700 das quais tripulantes. O balanço revelou que foram muito mais atingidos os passageiros da 2ª e 3ª classe do que os que viajavam em 1º classe, diferença particularmente notória entre as crianças.

O objetivo da empresa é que, depois da viagem inaugural, o Titanic II possa realizar outras rotas mundiais. “O navio irá seguir o traçado original, entre Southampton e Nova Iorque, mas irá também navegar por todo o mundo, inspirando e encantando as pessoas, e atraindo as atenções, com o seu mistério, em todos os portos que visitar” disse o presidente da Blue Line Star, Clive Palmer. Os bilhetes ainda não estão à venda para os turistas mais destemidos, que queiram recriar a viagem histórica que teve um fim trágico nos mares gelados.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Titanic 2.jpg

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s