Dia das Favelas – Brasil

O dia 4 de novembro é o Dia Internacional das Favelas
Superar o preconceito, lutar contra a desigualdade e contribuir com o símbolo de resgate e de valorização de várias culturas que se manifestam nas favelas. Hoje, 4 de novembro é dia de comemorar a luta de mais de 2 bilhões de pessoas que moram nesses territórios em todo o mundo. Você sabe o porquê do nome “favela”? Sabia que o Rio é a cidade com maior população em favelas do Brasil? Então se liga!

Origem
A origem do termo surgiu após a Guerra de Canudos, onde ficava o Morro da Favela, que tinha esse nome graças a uma planta conhecida como faveleira, farta no local. Alguns dos soldados, ao regressarem vitoriosos ao Rio de Janeiro em 1897, estavam sem moradia na cidade e foram invadindo, com o apoio de um oficial, uma antiga chácara no Morro da Providência.
Usada oficialmente pela primeira vez no Brasil no dia 04 de novembro de 1900, a palavra favela surgiu quando o então delegado da 10º Circunscrição e o chefe da Polícia da época, Dr. Enéas Galvão, redigiu um documento a respeito do Morro da Providência, conhecido como a primeira favela do País devido às habitações improvisadas e sem infraestrutura.

O Dia
No documento encaminhado ao Prefeito do Rio de Janeiro, tanto a área geográfica quanto os(as) moradores eram tratados como um problema social, sanitário, policial e até mesmo moral. Na linguagem da carta, falava-se em “limpar” aquelas áreas, ou seja, a primeira favela já era identificada por estigmas negativos e anomalia social.
Com o objetivo de transformar o estigma desses territórios em carisma, a Central Única das Favelas – Cufa iniciou uma campanha em 2005 que resultou na coleta de 700 mil assinaturas para criação do Dia da Favela. A proposta resultou na aprovação do primeiro projeto de lei no país.
Hoje, cerca de 12 milhões de brasileiros(as) moram em favelas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE são 1.393.314 pessoas, nas 763 favelas do Rio de Janeiro, representando um grande mercado consumidor com um nível de empreendedorismo acima da média mundial, onde as diferenças ensinam a conviver, e o sonho de um futuro melhor inspira mais de 93% dos(as) moradores(as).
Ou seja, celebrar o Dia das Favelas significa valorizar e reconhecer as conquistas de gerações de milhares de famílias que hoje comemoram seu empoderamento, sua dignidade, sua cultura, sua alegria e seu protagonismo em superar as barreiras impostas pela história.
“Meu nome é favela. É do povo, do gueto a minha raiz. Becos e vielas… Eu encanto e canto uma história feliz de humildade verdadeira, gente simples de primeira”. (Arlindo Cruz)

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Dia das Favelas.jpg

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s