Quero-te assim

I like you, ladybug!
Quero-te!
Quero-te tanto!
Quero-te apenas.
Hoje quero-te aqui. Ponto!
Quero-te aqui perto de mim. Quero mesmo!
Quero-te sem pressas, mas com uma grande urgência!
Quero-te assim…
Na urgência de um beijo.
E na calmaria de um abraço.
Quero-te!
Quero-te apenas.
Na urgência do desejo.
Na calmaria dos nossos corpos suados.
Quero-te!
Quero-te apenas.
Despida da tua roupa.
E vestida de prazer.
Quero-te!
Quero-te apenas.
Na urgência do sexo.
E na calmaria do afecto.
Quero-te!
Quero-te apenas.
Na urgência da paixão e da excitação.
E na calmaria do amor.
É assim que te quero.
Em urgências de puro prazer de desejos.
E na calmaria de nós dois.
Quero-te assim!
Pode ser mesmo em silêncio.
Há dias em que não queremos despedidas. Precisamos apenas da pessoa amada por perto. Mesmo com todos os nossos defeitos, com todas as nossas imperfeições e com tudo o que talvez não seja tão conveniente. Não importa mais nada, apenas tu ladybug.
Pequenas exigências de mais uma noite solitária, fria, escura…
Basta a pessoa que ocupa-nos o coração, para nos preencher e nos completar em tudo.
Basta a pessoa amada para dar luz, cor, sabor, cheiro… à nossa vida.
Não me importo com mais nada, apenas contigo e com a tua companhia.
Queres?
Ok. Mas vem já, vem agora.
I’ll wait for you in our cocoon, ladybug!

Filipe Miguel

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Quero-te assim.jpg

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s