Dia Nacional do Aneurisma da Aorta Abdominal

Aneurisma por definição é uma dilatação localizada de um vaso sanguíneo e que por isso pode ter basicamente qualquer localização na rede vascular. A maioria dos aneurismas localizam-se na aorta (maior artéria do corpo) com localização torácica ou abdominal sendo esta última localização a mais frequente. Uma vez que muitas vezes são assintomáticos, a sua descoberta ocorre ocasionalmente no exame físico de rotina (constatação de uma massa pulsátil) ou em exames efetuados por motivos diversos (ecografias abdominais, TAC, Rx).

Há várias causas para o aparecimento dos aneurismas: causas raras como a infeção da parede da artéria que por esse motivo fica fragilizada, causas genéticas relacionadas com a elasticidade da parede arterial, causas traumáticas entre outras. No entanto, a maioria tem como causa principal a aterosclerose, que pode ser definida como o envelhecimento das artérias provocado pela acumulação de depósitos de gordura na sua parede.

Consequentemente os fatores de risco que mais condicionam os aneurismas são os fatores promotores da aterosclerose: o colesterol elevado, o tabaco e a hipertensão arterial. A idade é também um fator relevante uma vez que os aneurismas são mais frequentes acima dos 65 anos de idade sendo também mais frequentes nos homens. Considerando os aneurismas da aorta abdominal (como citado previamente os mais frequentes) o tratamento cirúrgico poderá ser efetuado por via aberta (cirurgia clássica) na qual o aneurisma é substituído por uma prótese de tecido sintético ou por técnicas endovasculares, também denominada EVAR, na qual esta prótese é colocada no interior do aneurisma normalmente através de uma das artérias femorais (ao nível das virilhas ) excluindo assim da circulação a zona dilatada da artéria sem necessidade de abordagem abdominal . O EVAR é uma técnica mais recente e menos invasiva, porém, a opção da técnica a utilizar depende de vários fatores nomeadamente o risco cirúrgico do paciente, a idade e questões de caráter técnico e anatómico. Normalmente existem vantagens em submeter os pacientes de maior risco a uma intervenção endovascular pela menor invasibilidade associada assim como uma maior rapidez de recuperação. Tem havido uma evolução considerável na criação de próteses endovasculares que possam abranger aneurismas anatômica e tecnicamente mais complexos previamente não compatíveis com este tipo de intervenção. No entanto cada caso deverá ser devidamente estudado do ponto de vista clínico e imagiológico de forma a que a melhor decisão possa ser tomada. Visto que as técnicas endovasculares podem ter complicações específicas exigem uma maior vigilância no pós-operatório.

O tamanho do aneurisma é o fator mais determinante na indicação para intervenção. Na maioria dos aneurismas há uma medida a partir da qual o risco da intervenção passa a ser menor que o risco de rutura do aneurisma e portanto a intervenção torna-se recomendada.

Estas dimensões podem ser alteradas em relação com particularidades relacionadas com o paciente ou o aneurisma (algumas formas mais irregulares ou com aspeto sacular são menos resistentes á pressão arterial e por isso mais suscetíveis de rutura para menores dimensões; o crescimento rápido é também um fator relevante).

Em conclusão, o aspeto mais relevante é que os aneurismas devem ser tratados antes de uma eventual rutura ou trombose (oclusão do aneurisma comprometendo o fluxo sanguíneo aos órgãos alvo) sendo que na primeira situação o risco de eventos desfavoráveis é bastante mais reduzido.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Dia Nacional do Aneurisma da Aorta Abdominal

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s