Signo Sagitário: nascidos a 4 de dezembro

As pessoas que nasceram no dia 4 de dezembro são trabalhadoras, ambiciosas e resistentes. Possuem um autocontrole destacável, que empregam tanto em sua vida profissional, quanto na vida pessoal. Também possuem a rara habilidade de lidar com suas emoções sem perder a criatividade, o que lhes dá uma grande segurança de si mesmas, bem como transmite contenção e autoridade aos outros.
De certo modo são como capitães de um navio, isto é, indivíduos intrépidos, hábeis e muito preparados, dotados da valentia, sede de aventuras e o engenho necessário para governar o mastro através de procelosas águas e conduzir o navio a terras inexploradas.
Costumam se manter na individualidade e não se submetem à autoridade de outras pessoas, e é possível que tentem impor suas ideias às pessoas que os rodeiam, às vezes inclusive tentam fazê-lo à força. Inconscientes desta contradição entre suas maneiras impositivas e sua própria necessidade de autonomia, aos olhos dos outros estes indivíduos podem parecer dogmáticos e egoístas, mas isto raramente é certo.
Na imensa maioria dos casos, sua prioridade é o bem comum e não tanto suas ambições pessoais. Podem ser comparados a um valente capitão, que nunca abandonaria seu navio antes que toda a tripulação estivesse a salvo, pois seu sentido natural de honra e justiça fará com que estes indivíduos dediquem todas as suas energias às causas ou atividades que sirvam para melhorar a sociedade em seu conjunto.
Depois de completar os dezoito anos de idade, os indivíduos que nasceram neste dia começam a manifestar suas capacidades de liderança. Durante os trinta anos seguintes, adotarão progressivamente um enfoque mais prático, realista e orientado aos seus objetivos. Também é possível que sintam um maior desejo de pôr ordem e estrutura em suas vidas.
Completados os quarenta e oito anos alcançam outro ponto de inflexão que dá ênfase à sua crescente necessidade de liberdade, ideias novas e expressão de sua individualidade em entornos grupais.
Independentemente da idade que tiverem, se encontrarem o ponto médio entre a ambição e a nobreza, o amor e o sucesso, a compaixão e o poder, a independência e a necessidade de compromisso, estes indivíduos não só serão capazes de tornar-se líderes inspiradores, como também poderão ser os grandes visionários de sua geração.
Desafio: Entender que os outros não são obrigados a lhe escutar.
O caminho a seguir é: Perceber que a autoridade é algo que se consegue mediante o equilíbrio do próprio talento, da capacidade de liderança e da preocupação com o bem-estar dos outros.
A favor: Poderosos, ambiciosos, inspiradores.
Contra: Autoritários, hipócritas, inflexíveis.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Nascidos a

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s