Menu Início

Dia da Imaculada Conceição

O Dia da Imaculada Conceição de Maria é comemorado anualmente em 8 de dezembro.
Esta data é celebrada principalmente pela comunidade cristã católica, sendo considerada como a comemoração de um dos dogmas mais importantes do cristianismo: a concepção sem mácula da Virgem Maria como forma de prepará-la para a vinda do Filho de Deus.
A Virgem Maria é venerada como uma santa imaculada e livre de pecados desde os primórdios do cristianismo.
Apenas em 28 de fevereiro de 1476 esta data foi decretada pelo Papa Sisto IV como uma festa universal.
A festa da Imaculada Conceição ganhou caráter obrigatório no século XVIII, através da decisão do Papa Clemente XI.
Porém, só recebeu o título de um dogma católico em 8 de dezembro 1854, pelo Papa Pio IX, sendo este o motivo da escolha do dia 8 de dezembro para celebrar a festa litúrgica.
Em vários países europeus, incluindo Portugal, o Dia da Imaculada Conceição é considerado feriado nacional.

Oração a Imaculada Conceição de Maria
“Virgem Santíssima, que fostes concebida sem o pecado original e por isto merecestes o título de Nossa Senhora da Imaculada Conceição e por terdes evitado todos os outros pecados, o Anjo Gabriel vos saudou com as belas palavras: Ave Maria, cheia de graça; nós vos pedimos que nos alcanceis do vosso divino Filho o auxílio necessário para vencermos as tentações e evitarmos os pecados e, já que vós chamamos de Mãe, atendei-nos com carinho maternal e ajudai-nos a viver como dignos filhos vossos. Nossa Senhora da Imaculada Conceição, rogai por nós. Amém”.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Categorias:Datas, eventos e acontecimentos históricos Filipe Miguel - Escritor

Filipe Miguel

O que escrevo serve para expressar situações, momentos, sentimentos... do dia a dia de todos nós. Amores e desamores. Amores clandestinos...
Os textos aqui escritos não são autobiográficos. Mas podem ser biografias de mim e de muitos de nós, aqui e além. É neste pequeno véu que fica por levantar que se encontra a sublime sensação que o resto, o resto só a nós (seres apaixonados, românticos, sensíveis, loucos...) pertence!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: