Descubra onde poderá fugir ao espírito natalício

Já vimos este “filme” por diversas vezes. Todos os anos é chegada a hora em que as ruas ficam repletas de enfeites e de luzes de Natal.
Há quem adore essa época, mas o que fazer com aqueles que não acham muita piada ao Natal? Caso pertença ao segundo grupo, saiba que existem vários locais no mundo onde poderá escapar ao espírito natalício.
Fique a conhecer os destinos onde o Natal não é celebrado, pelo menos de forma convencional.

Arábia Saudita
O país conta com algumas atitudes que são anti-Natal, por isso não espere encontrar locais adornados com enfeites natalícios.
De acordo com a Arab News, o Ministério da Saúde do país proibiu qualquer tipo de celebração natalícia em hospitais.

Arábia Saudita

Cazaquistão
Durante o inverno o país fica repleto de neve, tornando-se numa espécie de paraíso de inverno.
Os cristãos residentes no país não têm como hábito celebrar o Natal a 25 de dezembro, optando por celebrar a data no domingo anterior. O Natal não conta com grandes celebrações, ao contrário do Ano Novo, que conta com uma enorme festa no país.

Cazaquistão

China
Tal como na Mongólia, no Dia de Natal os chineses trabalham e vão para a escola como em qualquer outro simples dia. Os escritórios e as lojas estão abertos nesse dia.
A China é reconhecida como um estado não religioso e, apesar de não existir um anúncio oficial, muitos acreditam que o Natal está banido no país.

China

Comores
No país africano o Natal é celebrado por uma pequena minoria de católicos romanos.
O Natal é celebrado com muito menos entusiasmo do que o Dia da independência, o Ano Novo ou o Eid al-Adha (Festa do Sacrifício).

Comores

Egito
Nesta nação os grupos cristãos celebram o Natal no dia 7 de janeiro. No Egito esta data comemorativa não é celebrada de forma tradicional.
De 25 de novembro a 6 de janeiro os cristão fazem um jejum e tentam seguir uma dieta vegan. Não existem muitos enfeites nem árvores.

Egito

Laos
O Laos é considerado um país budista, por isso não encontrará árvores de Natal por aqui.
Troque o stress do Natal por uma caminhada no Monte Phousi ou por um dia relaxante junto à costa.

Laos

Maldivas
O pequeno país é maioritariamente muçulmano e por isso o Dia de Natal não é um feriado público.
Isto torna as Maldivas num destino perfeito para quem deseja fugir da confusão que rodeia a época natalícia. Troque os locais repletos de luzes de Natal por recifes de corais no Oceano Índico.

Maldivas

Marrocos
Vá até Marrocos e desfrute da incrível geografia do país e, claro, da caricata forma de fazer compras. No entanto, não espere encontrar qualquer forma de celebração alusiva ao Natal.
Uma vez que a maioria da população marroquina é muçulmana, o Natal não é muito popular no país.

Marrocos

Mauritânia
É na Mauritânia que está Chinguetti, uma das cidades sagradas do Islão. Não espere grandes celebrações natalícias neste país.
Talvez o melhor seja mesmo visitar a Mauritânia devido ao calor que se faz sentir ao longo de todo o ano. Também existem belas atrações no país, como a ilha de Arguim e a Estrutura de Richat

Mauritânia

Mongólia
A nação está em contacto constante com a sua história. O Natal não é celebrado neste país do Leste da Ásia.
No Dia de Natal, os residentes vão para o trabalho ou para a escola. Mas os mongóis celebram o Ano Novo Chinês, com fogo-de-artifício e festas nas ruas.

Mongólia

Qatar
Não é um país cristão, sendo poucas as celebrações natalícias que são organizadas pela comunidade de expatriados.
No entanto, a capital Doha tem contado com um maior número de enfeites ao longo dos recentes anos.

Qatar

Rússia
Os russos celebram o Natal mas não o fazem da mesma forma que os países do ocidente. O Natal pode ser observado (e vivido) em dois dias distintos.
A Igreja Ortodoxa Russa celebra o Natal no dia 7 de janeiro. No entanto, alguns católicos gostam de honrar o dia 25 de dezembro.

Rússia

Tailândia
A maioria da população tailandesa segue a religião budista. Devido a isso o Natal ocorre como qualquer outro período.
Que tal optar por descartar a movimentada cidade de Banguecoque e desfrutar de um sossegado Natal na praia?

Tailândia

Tunísia
Não existe um grande espírito natalício na Tunísia. Os moradores vivem o Dia de Natal como uma oportunidade económica e nada mais.
O Green Global Travel refere que poderá encontrar floristas com árvores de Natal à venda, mas o dia 25 de dezembro ocorre sem grande celebração.

Tunísia

Turquemenistão
Os residentes do país celebram muitos feriados públicos, mas o Natal não é um deles.
O primeiro domingo de dezembro é reconhecido como o Dia da Boa Vizinhança’. Já o dia 12 de dezembro é oficialmente o Dia da Neutralidade.

Turquemenistão

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s