Signo Sagitário: nascidos a 19 de Dezembro

As pessoas que nasceram no dia 19 de dezembro parecem insensíveis, mas na verdade, sob esta fachada se oculta uma força e uma valentia destacável. Estes indivíduos não temem se expressar livremente, e quando as pessoas os irritam ou incomodam, possuem a honestidade suficiente para revelar seus verdadeiros sentimentos. É possível que os outros interpretem mal sua sensibilidade e sua franqueza, considerando-as debilidades de seu caráter, quando na verdade esta expressão emocional os torna mais fortes.
Possuem uma atitude claramente individualista e raramente prosperam em entornos conformistas ou que exigem uma atitude dócil. Sentem uma forte necessidade de desafiar as convenções, questionar as normas e produzir alternativas originais. Embora seja verdade que sua honestidade reveladora possa prejudicá-los, vale destacar que as pessoas de seu entorno respeitam sua integridade e individualidade. Não é em vão que seu maior desejo é educar, iluminar e guiar os outros pelo caminho do progresso humano.
Quando enfrentam desafios e adversidades, estes indivíduos mostram uma determinação e um espirito de luta incomparáveis, nos quais se apoiam para alcançar o sucesso.
Cabe dizer que isto lhes proporciona um potencial ilimitado para vencer em sua carreira profissional embora, infelizmente, algumas vezes não encarem sua vida pessoal com idênticas virtudes. De fato, estes indivíduos são propensos a sofrer ataques de negatividade e autocompaixão, que podem degenerar em episódios de comportamento iracundo ou extravagante, uma circunstancia que causa grande perplexidade e confusão em seu entorno. Se conseguirem controlar a negatividade com a ajuda de sua valentia e o mesmo espirito de luta que mostram no mundo exterior, poderão alcançar as cotas mais altas de sucesso.
Até os trinta e dois anos de idade certamente se focarão nas questões práticas e sentirão a necessidade de impor ordem e concentração em suas vidas. Por volta dos trinta e três anos, sua vida experimenta um giro que dá ênfase a uma maior necessidade de liberdade pessoal e ao desejo de experimentar. Se aprenderem a pensar antes de agir, a reorientar positivamente seus pensamentos assim que notarem o começo do espiral de negatividade, será quando conseguirão dar o melhor de si mesmos, revelando finalmente ao mundo seu compromisso de contribuir eficazmente com o bem comum.
Desafio: Não sentir pena de si mesmo.
O caminho a seguir é: Entender que sentir-se mal por você mesmo não trará nada positivo e você somente conseguirá inspirar pena àquelas pessoas as quais queria inspirar admiração.
A favor: Valentes, honestos, expressivos.
Contra: Negativos, depressivos, desconcertantes.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s