Como é a consoada nos vários cantos do mundo

Além do bacalhau com batatas, o perú assado e o bolo rei, há muitas mais tradições à mesa por todo o mundo.
O propósito é o mesmo celebrar o nascimento de Jesus, mas a tradição é diferente. Desde Nova Iorque até à China, as iguarias que saem da cozinha para a mesa fazem as delicias da ceia de Natal de cada cultura.
Desde a América, passando pela Europa, até à Ásia, alguns costumes mantêm-se idênticos aos nossos, mas outros são muito diferentes e curiosos.

Alemanha
Frio, decorações e músicas de Natal. Este é o ambiente natalício que pede comida e bebida reconfortante. É por isso que na Alemanha não pode faltar vinho quente na mesa. É o Glühwein.
Para acompanhar o vinho quente, o prato típico natalício é uma versão da gastronomia tradicional do país. Os alemães preparam salsicha e salada de batatas na noite da consoada.

Alemanha

Angola
Mantém hábitos portugueses desde a altura colonização – levando para as mesas mais abastadas o bacalhau, as rabanadas e o vinho – mas introduz alimentos típicos do país africano.
Um deles é o funge (mistura de farinha de mandioca ou milho com água). Há ainda pratos vegetarianos com mandioca.
No que toca às bebidas há a Quiçângua e o Kimbombo que são bebidas feitas à base de cereais. E também o Caporroto, bebida feita com banana, ou batata doce ou com farelo de cereais.

Angola

Argentina
O Vitel Toné tem origem em Itália, mas marcou lugar na mesa dos argentinos. Se é um prato de peixe ou carne? Fica ao critério de cada um. O Vitel Toné é um bife acompanhado com um molho feito de atum, ovo e leite e é servido frio.
No que toca aos doces a consoada argentina inclui o Mantecol: um doce feito de amendoim cuja textura se desfaz na boca.

Argentina

Estados Unidos da América
O clássico. Identificamos a tradição natalícia americana pelo Jingle Bells ou pelo espírito de Natal que conhecemos depois de tantas vezes ver o filme Sozinho em Casa.
Num país onde convergem inúmeras culturas, não há regras na mesa. Na ceia de Natal, ninguém leva a mal que se coma frangos, massas, carnes, hambúrgueres ou pratos vegetarianos.
Mas o mais tradicional inclui o perú assado com puré de batata, biscoitos de gengibre com diferentes formas, tartes de maçã, noz pecã, batata doce e bolo de chocolate.
Os tradicionais biscoitos de gengibre que se deitam ao pai Natal juntamente com um copo de leite, podem desaparecer facilmente da mesa de Natal (bem antes de o pai Natal chegar).

Estados Unidos da América

França
O perú mantém-se na mesa. Mas além deste, a consoada é composta por ostras, ganso, escargots (iguaria de caracóis), salmão fumado, foie gras fatiado e champanhe.
É uma ementa mais requintada e com glamour, precisamente ao estilo francês.
A ceia termina com o Bûche de Nöel, que é como quem diz, tronco de natal. É uma tradição francesa, mas que também se encontra em algumas mesas da consoada em Portugal. É um bolo de chocolate feito de creme e decorado com frutas ou castanhas e com açúcar de confeiteiro.

França

Japão
No japão mantém-se a carne como prato principal, mas troca-se o tipo e a forma de confecionar. Em vez do peru assado que faz parte da consoada em vários países, os japoneses comem frango frito.
Para sobremesa, os estragos na dieta continuam com um bolo de Natal que já é tradição no Japão: o Kurisumasu keki.
A receita original tinha apenas um glacê à base de manteiga, mas hoje em dia a decoração é mais elaborada. Os bolos são cobertos por chantili, morangos e chocolate.

Japão

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s