As celebrações de Natal um pouco por todo o mundo

Na maioria dos países, hoje é dia de celebrar o Natal e há celebrações para todos os gostos.. Natal é festa em família, tem Pai Natal e árvore enfeitada… mas cada lugar do planeta comemora a data de um jeito, seguindo os costumes de sua cultura.

África do Sul
No dia do Natal, os sul-africanos costumam ir às igrejas onde costumam cantar muitas músicas natalinas. É quando voltam da missa que as pessoas servem a ceia em uma mesa cheia de parentes e amigos. Todos comem frango, carne bovina, carne de carneiro ensopada e bolinhos de massa. No Natal, as crianças sul-africanas ganham brinquedos, roupas e doces de presente. No dia 26 de dezembro também é feriado na África do Sul. A data é uma maneira de comemorar o fato do país ser independente hoje em dia e é uma forma das famílias esticarem as celebrações de Natal.

África do Sul

Alemanha
Aqui, o Natal é muito esperado mesmo. Tanto que tem até contagem regressiva. Cerca de um mês antes do Natal começa a época chamada de Advento. Os alemães fazem a Coroa do Advento, que existem quatro velas encaixadas nela. A primeira vela é acessa quatro domingos antes do Natal e, a cada semana, se acende mais uma. Isso tudo pra simbolizar a chegada de Jesus, trazendo luz às pessoas. Mas essa não é a única contagem. As crianças também fazem o Calendário do Advento, a partir de 1º de dezembro. O tal calendário tem 24 “janelinhas”, uma pra ser aberta a cada dia. Atrás delas, podem ter imagens, guloseimas, tarefas ou presentinhos. Existem versões compradas e feitas em casa. Como nesta época do ano costuma fazer muito frio na Alemanha e anoitece cedo, as pessoas ficam mais tempo em casa e aproveitam para fazer os preparativos para o Natal. Entre as tarefas, estão enfeitar a casa, escrever cartinhas, ensaiar músicas de Natal ou fazer biscoitos natalinos. Agora, tente falar o nome dos biscoitos: Weihnachtsgebäck. No dia 6/12 é o dia de São Nicolau, que distribui chocolates ou frutas às crianças nas escolas. Por lá também existe o Pai Natal, chamado de Weihnachtsmann (que significa “o homem do Natal”). Mas quem traz presente de Natal mesmo não é ele, e sim o Menino Jesus, “Das Christkind”, em alemão. Os alemães fazem a ceia no dia 24, com comidas simples e muitas bolachinhas, e um almoço bem caprichado no dia 25. Enquanto brasileiros costumam comer peru, na Alemanha se come pato. E a festa não acaba aí: o dia 26 também é feriado de Natal!

Alemanha

Austrália
Na Austrália, por exemplo, é normal ver barretes e árvores de Natal espalhados pelas praias neste dia. Se a tradição costuma evocar a família reunida em casa, junto a uma lareira, em Bondi Beach dá-se uns mergulhos e apanha-se umas ondas.

Austrália

Palestina
Quanto a Belém, na Palestina, este Natal assinalou um recorde no turismo, com milhares de visitantes. Só este ano a cidade já foi visitada por mais de três milhões de pessoas e houve concertos de Natal para toda a população

Belém, na Palestina

Estados Unidos
Os americanos gostam muito de enfeitar casas, ruas e até carros na época do Natal. Shoppings e lojas também fazem decorações muito bonitas e iluminadas. Por lá, o Pai Natal é chamado de Santa Claus. A tradição é cada membro da família pendurar uma meia próximo à lareira, para receber pequenos presentes. No dia 24 há a ceia natalina e as crianças vão dormir cheias de ansiedade, porque os presentes só podem ser abertos na manhã do dia 25! Há outro dia no calendário americano em que se faz um grande jantar: é o Dia de Ação de Graças, feriado que acontece no final de novembro. A data serve para reunir família e amigos e agradecer tudo o que se tem.

Estados Unidos

Finlândia
As celebrações de Natal na Finlândia começam no Domingo de Advento, que é o primeiro domingo quatro semanas antes do Natal. É nesse dia que são inauguradas as decorações das lojas e escritórios. As crianças finlandesas também têm um Calendário do Advento e são acesas as velas do Advento, como na Alemanha. É só no último domingo antes do Natal que as pessoas compram e decoram a árvore de Natal. Os finlandeses gostam de pendurar na árvore bandeiras de vários países e um enfeite feito de palha chamado himmeli. Na Finlândia a primeira refeição que comemora o Natal é feita às 12h do dia 24/12. Por volta das 17h do mesmo dia, as famílias costumam ir à igreja agradecer e rezar por seus seus parentes e amigos queridos. Lá, o Pai Natal chama-se Joulupukki.

Finlândia

Grécia
Tanto na véspera de Natal quanto no Réveillon, crianças vão às ruas e cantam canções típicas nas casas de familiares e conhecidos. Cada região do país tem letras diferentes para as músicas e o show não sai de graça: os adultos costumam retribuir a cantoria com dinheiro.
No dia 25, as pessoas vão à igreja bem cedo, principalmente os mais velhos, para rezar em agradecimento. Mas este costume não tem sido seguido pelos mais jovens e muitos deles viajam nesta data. Existem muitas festas por todo o país nesse período entre Natal e Ano-Novo.
Os gregos fazem mais festa no Réveillon do que no Natal. Lá, Pai Natal chama-se Ágios Vasílis, mas só chega com presentes na passagem de ano. Um prato típico desta data por lá é um bolo chamado Vasilopita. Dentro dele há uma moeda e dizem que a pessoa que ganhar o pedaço “premiado” terá sorte no próximo ano.

Grécia

Inglaterra
Na Inglaterra, as crianças deixam bolachas, pedaço de bolo de Natal e um copo de leite para o Papai Noel na noite de 24/12. A comemoração mesmo e a troca de presentes é no dia 25, com um almoço, e o feriado se estende até o dia 26. O panetone não é comum na Inglaterra, mas existe um bolo típico de Natal, com frutas secas. As cidades são enfeitadas com muitas luzes coloridas. Nesta época, como é inverno por lá, começa a anoitecer muito cedo, por volta das 16h. A iluminação, então, destaca-se bastante. Esse período do ano não é de férias no país, as crianças têm aula até perto do Natal. Os menores fazem apresentação teatral de Natal e festa de Natal com as famílias na escola. Assim como na Alemanha, lá existe o Calendário do Advento, com um chocolatinho ou docinho para cada dia de dezembro que antecede o Natal. Na noite do dia 24, as crianças vão de porta em porta cantando músicas natalinas e pedem dinheiro para a caridade. A vizinhança vai se juntando, carregando lanternas.

Inglaterra

Israel
A maioria das pessoas que moram em Israel são judias e, por isso, no dia 25 de dezembro não é feriado lá. Mas os cristãos que moram em Israel também fazem ceia e comemoram a data. Existe uma festa muito popular em dezembro em Israel. A partir do dia 8/12 começa a celebração de Chanucá, a festa das luzes, que celebra a multiplicação do azeite usado para reacender a Memorá (um candelabro de sete braços) depois da reconquista do Templo Sagrado de Israel há muito tempo. A festa é celebrada durante oito dias e, a cada anoitecer, uma criança da família acende uma vela na primeira noite, duas na segunda, e assim por diante. Durante a Chanucá as crianças trocam presentes, jogam pião e comem doces como sonho e latkes (um bolinho de batata) e recontam a história que deu origem à festa.

Israel

Itália
Na Itália existe a ceia do dia 24 e o almoço do dia 25. Tudo com bastante comida! O Pai Natal lá é chamado de Babbo Natale e traz presentes no dia 24. As pessoas também costumam assistir à Messa di Natale, conhecida no Brasil como Missa do Galo. Mas este não é o único dia do ano com presente pra criançada! No dia 6 de janeiro a Befana, uma bruxa boa, traz presentes para quem foi comportado e também deixa dentro de uma meia, como o bom velhinho faz em alguns países. Quem não se comportou ganha um carvão. Mas, calma! O tal carvão na verdade é um doce feito de açúcar.

Itália

Japão
Como a maioria da população não é cristã, no Japão não é feriado no Natal, embora a data seja comemorada por lá atualmente. Depois de um dia normal de trabalho, os japoneses comemoram jantando com a família no dia 25. O cardápio geralmente é frango assado e, como sobremesa, comem um bolo de morango com creme chantili chamado de “Christmas Cake” (ou bolo de Natal). A saudação para a data é Merii Kurisumasu, que significa Feliz Natal. As crianças recebem presentes do Papai Noel, conhecido por lá como Santa Kuroosu. Nas escolas, há uma troca de presentes. Mas não como no amigo secreto: lá, os presentes vão rodando de mão em mão enquanto uma música é tocada. Quando a canção para, o presente que estiver na sua mão é seu. A comemoração maior é no Ano-Novo, quando as crianças recebem dos adultos um envelope com dinheiro chamado otoshidama.

Japão

Paquistão
Já no Paquistão, rodeada de algumas medidas de segurança, a minoria que celebra a quadra juntou-se para cantar.

Malala Yousafzai returns to the home country

Portugal
Em Portugal também é costume fazer a ceia de Natal na véspera, que por lá é chamado de Consoada. Os pratos típicos da data são bacalhau, polvo cozido com arroz, carne de porco, bolinho de jerimum, filhós (massa de pastel frita com açúcar e canela) e bolo rei (um bolo especial de frutas). As crianças também ficam muito ansiosas pela chegada do Pai Natal. Na noite do dia 24/12, elas deixam uma meia com docinhos, castanhas e um biscoito chamado rebuscado para o Bom Velhinho.

Portugal

Vaticano
A mais tradicional das celebrações chegou do Vaticano, onde o Papa Francisco celebrou a missa do galo para centanas de pessoas na Basilica de São Pedro. Com crianças de todo o mundo, o líder da Igreja Católica focou a sua mensagem na simplicidade, amor e caridade.

Vaticano

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s