Signo Capricórnio: nascidos a 25 de dezembro

As pessoas que nasceram no dia 25 de dezembro podem ter dificuldades com os aspectos mais cotidianos e triviais da vida.
Em consequência disso, a busca por um estado de maior consciência que lhes permita transcender a cotidianidade será uma questão recorrente em suas vidas. É possível que os outros os considerem pouco realistas, embora secretamente admirem sua capacidade de colocar fantasia em tudo o que dizem ou fazem.
Por outra parte, insuflam energia, força e sentido tanto em sua vida pessoal quanto na profissional. Acima de tudo, estes indivíduos estão dispostos a se superar e a empurrar as coisas um pouco mais além, onde ninguém ousou chegar, em busca dessa experiência que tanto desejam viver.
Uma das razões que motivam sua necessidade de viver uma experiência extraordinária talvez seja que geralmente recebem menos atenção do que o resto dos mortais no dia do seu aniversário. É possível que, graças a isso, pensem que estão perdendo algo importante. Este sentimento persiste ao longo de toda a sua vida, e lhes proporciona o impulso e a determinação que precisam para se destacar e alcançar suas ambiciosas metas.
Antes dos vinte e seis anos de idade certamente estarão muito focados em seus objetivos e adotarão uma atitude vital muito franca e direta. Mas depois de completar os vinte e sete anos e durante os trinta anos seguintes, certamente sentirão uma crescente necessidade experimentar diferentes conceitos e de expressar sua individualidade. Aos cinquenta e sete anos sua vida experimenta outro giro que dá maior ênfase aos seus sentimentos e à sua já intensa sensibilidade.
Contudo, independentemente da idade que tiverem, sempre vão antepor suas aspirações espirituais às estritamente materiais. Isto não só os destaca do resto das pessoas como também os situa adiante. Sempre e quando não utilizarem estes objetivos para se evadirem da realidade e de suas complicações, e sempre que conseguirem encontrar a maneira de maximizar suas possibilidades de sucesso como resultado de injetar realismo às suas visões idealistas, estes indivíduos não só serão felizes e vencerão, como também farão contribuições duradouras em prol do bem comum.
Desafio: Ser realista.
O caminho a seguir é: Entender que colocar metas e objetivos irrealizáveis não levanta o espirito e, além disso, conduz à desilusão e à infelicidade.
A favor: Visionários, valentes, espirituais.
Contra: Evasivos, impacientes, ávidos de sensações.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s