Quem ama mais, sofre mais

 

Há certezas que dispensam reflexões!
Cada pessoa tem um modo de sentir o amor. Cada um ama à sua maneira e sente o amor à sua maneira. Por isso é que o amor por vezes parece ser tão complexo.
Para quem é tímido, é mais difícil mostrar, provar, expressar e declarar-se à pessoa por quem está apaixonado.
Quando gostamos de alguém, é impossível isso não transparecer para a outra o sentimento que se sente por ela. Os sentimentos surgem com naturalidade e espontaneamente sem nos dar-mos conta. É um sentimento que não precisa de palavras para ser dito e sentido. São os olhares, gestos, as formas de estar, o jeito diante da pessoa… que o denunciam.

As demonstrações de carinho e afecto são muito importantes numa relação!
Quando gostamos, queremos estar por perto. Porque nos importamos, nos preocupamos, procuramos ter notícias, demonstramos interesse… fazendo de tudo para mimar a pessoa amada, mas se a reciprocidade não for verdadeira, aí sim, sofre-se em silêncio até se recompor.
A verdade, é que toda gente sofre. Toda gente sente.
Mas é quem mais sente, quem mais sofre!

Filipe Miguel

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s