Capricórnio: nascidos a 12 de Janeiro

As pessoas que nasceram no dia 12 de janeiro nunca fazem as coisas pela metade, uma vez que têm uma meta fixa a perseguirão com intensidade, determinação, e sem poupar esforços. Seja qual for sua vocação – fundar uma família, ensinar aos jovens ou fazer campanha para as eleições presidenciais -, esta se transformará em seu máximo objetivo vital. Sempre estão buscando oportunidades, ideias e pessoas que possam ajudá-los a conseguir seus objetivos. Posto que dão muita importância ao trabalho, correm o risco de sacrificar sua identidade pessoal pelo caminho, por esta razão é de vital importância que acertem na escolha de sua carreira profissional.
A necessidade de ser o centro das atenções que caracteriza as pessoas nascidas no dia 12 de janeiro costuma derivar de terem diminuído a vida pessoal em prol da consecução de outros objetivos. Algumas vezes isto pode ser tão acusado que chegam a perder o contato com seus familiares e amigos, e inclusive com eles mesmos. Por conseguinte, é extremamente importante que estas pessoas aprendam a respeitar seus próprios sentimentos e também os alheios. Precisam construir uma vida pessoal satisfatória à margem de seu trabalho, e uma vida espiritual na qual possam encontrar uma fonte de alivio periodicamente. Em geral, aos trinta e nove anos de idade – melhor se fosse um pouco antes -, começam a ajeitar sua vida emocional, algo que se reflete em suas visões de futuro e em seus sonhos, assim como em suas interações com outras pessoas.
A resolução característica das pessoas que nasceram neste dia, combinada com seu engenho e com seu forte compromisso, promete um grande potencial para o sucesso. Se pouco fosse, estas pessoas parecem tocadas pelo estranho dom da boa sorte. Se seu estado de animo sofre notáveis variações, suas peripécias vitais não ficam atrás, passando do golpe de sorte ao desastre com inusitada facilidade. Assim, pode ser que recebam um presente sem razão aparente, ou um aumento, ou as férias que tanto precisavam. A chave de sua supervivência estriba em alcançar o equilíbrio pondo uma maior ênfase em seus ideais espirituais e sentimentais. Só desta forma poderão atrair para si tudo o que for necessário para elevar-se até o topo.
A favor: Tolerantes, dedicados, lúcidos.
Contra: Limitados, exagerados, arrogantes.
Desafio: Trabalhar sobre o que sentem quando são ignorados.
O caminho a seguir é: Deixar de pensar que é necessário provar sua valentia para os outros. Se relaxarem, escutarem um pouco mais e se conectarem com suas emoções, conseguirão naturalmente todo o respeito e a atenção que merecem.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s