Capricórnio: nascidos a 16 de Janeiro

As pessoas que nasceram no dia 16 de janeiro gostam da ideia de realizar projetos e mergulhar neles. Possuem um notável talento organizativo e o trabalho bem feito lhes dá uma imensa satisfação. Ainda que seu principal objetivo seja finalizar um projeto com êxito, também é importante que controlem seu espírito autocrítico e que não sejam negativos demais com as pessoas quando o resultado não esta à altura de suas expectativas.
As pessoas nascidas no dia 16 de janeiro preferem um entorno estruturado, rotina e segurança, em vez de mudanças e incerteza, argumentando que a primeira opção aumenta suas probabilidades de encaminhar as tarefas e os projetos a um bom fim.
Paradoxalmente, quando suas vidas estão muito estruturadas, estas pessoas podem impacientar-se e ter inclinação para assumir riscos desnecessários ou abarcar empreendimentos impossíveis.
Ainda que geralmente se trate de pessoas muito valorizadas e admiradas por seu entorno, quando as coisas não ocorrem como o previsto, podem sofrer de ansiedade e sentir incerteza com respeito ao futuro, ou pensar que as coisas nunca poderão satisfazer suas altas expectativas. É muito possível que durante sua infância seus pais esperassem muito destas pessoas e que isto criara uma tendência à introspecção e a viver permanentemente no futuro.
Se esta tendência se radicalizasse, poderia desembocar em desespero e sentimentos de inferioridade. É preciso entender que seu destino é o sucesso, mas que destruir-se e arrastar consigo aos outros não é precisamente a melhor maneira de consegui-lo. Uma vez que aprenderem a valorizar o que tem, descobrirão que a satisfação que tanto desejam não deriva unicamente do trabalho bem feito, mas também do cultivo de sua vida interior e da construção de relações pessoais saudáveis.
O caso típico apresenta um individuo que aos trinta e cinco anos de idade, às vezes antes, alcança um ponto de inflexão que se resolve com maior ênfase na vida emocional e uma melhor conexão com o momento presente. Acima de tudo, não devem abandonar-se ao temor e à incerteza com respeito ao que o futuro lhes reserva, porque em seu interior albergam a força necessária para enfrentar as adversidades. Quando conseguirem perceber seus erros não como fracassos, mas como oportunidades para a aprendizagem e o crescimento pessoal, poderão desenvolver todo o seu potencial e usufruir de uma vida plena.
A favor: Responsáveis, perspicazes, conscientes.
Contra: Irresponsáveis, insatisfeitos, ansiosos.
Desafio: Aprender a sentir que é suficientemente bom.
O caminho a seguir é: Mostrar-se agradecido pelo que alcançou e concentrar-se em aspectos positivos da vida.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s