Jogos Amor e Traição

Nunca se deve brincar com os sentimentos de ninguém. Sejam com os sentimentos de uma mulher ou de um homem. Brincar com sentimentos alheios ferem de uma forma dolorosa e causam uma dor difícil de sarar.
O que mais há por aí, são amostras de pessoas que tentam aperfeiçoar as suas “técnicas de engate”, o que acaba por se tornar num vício dada a adrenalina e o gozo que lhes dão. Acaba por ser o passatempo preferido: conquistam, provam, estão satisfeitos e depois deitam fora. Do outro lado esquecem-se que está alguém com sentimentos. Alguém que sonha, acredita e pondera o para sempre. Como eu costumo dizer: nunca despertes um amor, se o para sempre não for uma hipótese válida e única.
Quantas vezes somos trocados, enganados? Somos mais um peão num jogo, mas convenhamos, não só os homens que são os traidores, não só os homens que são os jogadores, muito menos hoje em dia, que parece que cada vez mais as mulheres estão profissionais neste tipo de situações ridículas. Acho tudo isto uma estupidez e atenção, não estou de forma alguma a proteger as atitudes que os homens têm, só queria chamar à atenção que não só e nem sempre os homens são os que têm as atitudes, mas muitas vezes são eles também as vítimas. E quem diz que a mulher a quem o homem fez este tipo de coisa não tinha exactamente a intenção de fazer o mesmo a ele?
Cada vez menos as pessoas pensam por elas próprias e cada vez mais se deixam levar por aquilo que a sociedade diz ser regra, diz ser moralmente certo ou errado. Já chega de meterem as pessoas todas no mesmo saco e fazerem julgamentos sem cabimento nenhum, cada caso é um caso.
Se um homem trai, ou se uma mulher trai, é porque não tem respeito pelo outro. Se o homem não é aceite pela mulher do presente, que termine, pois quer dizer que ela não o merece. Não há uma única razão plausível e que seja válida, para qualquer tipo de traição. É simplesmente quebrar toda a confiança.
As pessoas sofrem porque ainda assim o querem! Quando entendem de uma vez por todas que todos os sonhos devem ser projectados com os pés bem assentes na terra? Que nem toda a gente ama da mesma forma! Que há pessoas que mentem, há pessoas que falam a verdade, há mulheres que magoam, há homens que magoam. Amor? Devemos ter por nós próprios e devemos apenas deixar completar o nosso amor próprio.
Não se iludam em contos de fadas, em príncipes ou princesas, porque não há nada disso. Há amor real e não o amor que vemos nos filmes ou que lemos nos livros.
Vivam o dia para vocês, amem-se a si próprios, deixem apenas que a outra pessoa vos complete e nunca vos encha por completo…
Sejam guerreiros, sejam aventureiros, namorem, sorriam, vivam a vida de uma vez por todas…
Chorar? Para quê, se só a vida vale a pena chorar?
Sejam verdadeiros!
Sejam felizes!

  • Filipe Miguel

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s