Signo Carneiro: nascidos a 23 de Março

As pessoas que nasceram no dia 23 de março se sentem fascinadas por tudo e por todos. São motivadas pelo desejo de saber como e por que funcionam as coisas, mas também o que motiva as pessoas. Para isso, tendem a se rodear de pessoas capazes de alimentar sua insaciável curiosidade.
Quando aprendem que a educação e a fortaleza mental são as chaves do sucesso, sua versatilidade e inteligência os conduzirá até o topo do campo que escolherem. São muito lúcidas quando se trata de identificar os pontos fortes e fracos dos outros, mas às vezes carecem de empatia. Frequentemente se mostram muito desapegados emocionalmente para sentir compaixão pelos outros e preferem confiar em seu conhecimento enciclopédico antes do que na sua experiência pessoal.
Mesmo quando fazem amigos facilmente e costumam se rodear de interlocutores validos, correm o risco de se transformarem em meros observadores e não participar das coisas.
Estudantes eternos da natureza humana, as questões que mais lhes interessam são aquelas que, em caso de aplicá-las, são as que mais benefícios trarão. Este afã de informação tem vantagens e inconvenientes. Não levam em consideração a importância da vida interior das pessoas. Sua tendência a observar e analisar as coisas excessivamente é mais pronunciada entre os vinte e oito e os cinquenta e oito anos de idade, quando é importante que aprendam a identificar as necessidades emocionais e espirituais próprias e alheias. Se não o fizerem, poderão padecer de acessos repentinos de frustração e ataques inexplicáveis de insegurança e tristeza.
São indivíduos perceptivos, inquisitivos e bem dispostos para a aprendizagem. São divertidos e estimulantes para as pessoas de seu entorno, a quem nunca deixam de surpreender e deleitar. Uma vez que conseguirem observar seu interior e se sentirem estimulados, chegarão a conclusões verdadeiramente deslumbrantes e ampliarão o horizonte de sua vida graças a sua determinação e entusiasmo.
A favor: Progressistas, lúcidos, flexíveis.
Contra: Céticos, não implicados, inseguros.
DESAFIO: Prestar atenção às suas necessidades emocionais.
O caminho a seguir é: entender que se perderem o contato com seus sentimentos, o conhecimento sobre si mesmos e sua autoestima diminuirão muito.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s