Quero-te apenas

Tenho sonhos de poeta, desejos e ambições. Com a semente da poesia vou semeando sorrisos, caminhando na minha estrada com muita positividade e colhendo as palavras sussurradas suavemente pelo vento no meu ouvido. Vou pegar nessas palavras sussurradas pelo vento para fazer poesia contigo. Poesia escaldante!

Corpo em brasa
Chama ardente,
Volúpia sem casa
Minha estrela cadente.

Chuva de felicidade
Que aquece o meu coração,
Cai em pingos de tranquilidade
Numa sensação de satisfação!

És um prazer e um desejo
Minha vida é te amar,
Em teu corpo festejo
Até o dia a morte me chamar.

Gosto-te
Adoro-te
Sinto-te
Quero-te
Desejo-te
Amo-te
Sei-te de cor
És a minha chama ardente de prazer.

O teu corpo
O teu abraço
O teu beijo
A tua boca
Os teus lábios
O teu toque
O teu cheiro
A tua pele
São uma  fonte de mel
Fazem tremer o meu corpo
Fazem-no entrar numa erupção escaldante.

Corpos despidos
Corpos suados
Corpos excitados
Corpos que ardem de desejo
Quero mergulhar no teu prazer
Quero sentir-te por dentro
Provocar arrepios inexplicáveis
E deixar o teu corpo em chamas ardentes de desejo.

Noites escaldantes
Manhãs ofegantes
Tardes excitantes
Apenas TU e EU
Dois corpos despidos
Dois corpos carentes
Dois corpos plenos de desejo
Dois vulcões prontos a expelir.
Quero saborear o teu gosto
Quero sentir o calor do teu corpo
Quero sentir o teu sexo
Quero-te sentir assim
Sem tabus, nem complexos.
Quero-te apenas…

– Filipe Miguel

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Quero-te apenas

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s