No meio da dor saber agradecer

A vida é feita de escolhas, etapas, fases, consequências, encantos e de momentos!
A vida é feita de escolhas, algumas acertadas outras erradas. Mas é neste conjunto de escolhas que fazemos que vai determinar a nossa vida.
A vida é feita de etapas e ciclos onde tudo pode acontecer.
A vida é feita de fases, onde nem sempre são as melhores. Há fases que nos ajudam a andar para a frente, mas também levamos com fases menos boas que nos ajudam a crescer.
A vida é feita de encantos e pequenas alegrias, onde a beleza preserva os nossos corações com as suas peculiaridades e acabam por nos despertar alguma nostalgia.
A vida é feita de momentos, onde temos de aprender a ultrapassar e a viver todos os pedaços da nossa vida, sejam eles bons momentos ou menos bons. É desfrutar e viver na plenitude da vida que se transforma nesta bonita viagem chamada vida.

Nesta viagem tropeçamos em muitas pedras, levamos com muitos dissabores. Mas quem disse que esta viagem seria fácil? Que tudo seria um mar de rosas sem dores nem contratempos?
Esta viagem é dura, mas é na sua dureza que ela mostra toda a sua beleza. Somos todos guerreiros, prontos para as batalhas que nos vão aparecendo pela frente.
Nem sempre é fácil, mas nem tudo é difícil. Por vezes falta-nos forças para lutar. Por vezes é aí que os milagres surgem, quando dás tanta energia à tua vontade de superar quanto dás aos teus medos. Acredita em ti. Quando tens fé e energia no máximo, és inabalável!

Difícil são as batalhas de dor e de tristezas. Essas são difíceis de ultrapassar e de superar quando se caminha sozinho. Quando não se tem um apoio, uma âncora firme para dar força, tranquilidade e esperança, torna tudo mais doloroso.
Na dor não existe nada de sublime e nem de bonito!
A todos que estejam sozinhos e mesmo quem tenha apoio, nunca desistam de lutar nem de vencer uma batalha. Lutem! Mas lutem com toda a convicção e vontade de viverem e amarem, para agradecerem a enorme gratidão por existirem. Por serem exemplos de coragem e de cultivarem esperança a todos que não acreditam no amor e nem na vida!
Por vezes carregamos na pele cicatrizes vencidas e no peito batalhas perdidas. São reflexos das lutas que vivemos, que vimos e as que assistimos.
Mas uma cicatriz vencida e marcada na pele será sempre um vestígio de uma batalha vencida.
Uma batalha terá sempre três lados! O lado que se vence. O lado que se perde. E o lado que fica!
As etapas, as batalhas, as cicatrizes… tornam-se mais leves e menos dolorosas quando não caminhamos sozinhos, um apoio para nos ancorar é fundamental…

– Filipe Miguel

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

No meio da dor saber agradecer.jpg

Anúncios

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s