Estrada Nacional 2, a nossa Route 66

Standard

1

Dizem ser a Route 66 lusa pois tal como a estrada americana, a Estrada Nacional 2 “rasga” o país de ponta a ponta. É uma aventura esta estrada património.
A Estrada Nacional 2. Há quem diga ser a Route 66 lusa, até porque, tal como a estrada americana, a EN-2 “rasga” o país de ponta a ponta. Siga numa aventura pela estrada património.
Quando alguém afirma que a Estrada Nacional 2 (EN-2) é a Route 66 de Portugal, há sempre outro alguém que depressa corrige: afinal, uma tem quase 4.000 kms e outra pouco mais de 700… Mas não é a extensão de ambas que as aproxima. Antes o facto “rasgarem” países a meio, percorrendo paisagens distintas e revelando verdadeiros segredos.

2
E, tal como a Route 66, a EN-2 é uma viagem “per si”. Além disso, apesar dos incêndios que atingiram a zona mais central da estrada, e de se cruzar com áreas cujo verde desapareceu, a EN-2 continua a oferecer natureza sem fim.

Estrada Nacional 2: 700 kms de pura beleza
O quilómetro zero desta viagem está marcado em Chaves, cidade transmontana, bem pertinho da fronteira com Espanha, ainda com um pouco de costela mirandesa. Por terras de Trás-os-Montes são as montanhas que mais marcam a paisagem, e a estrada vai serpenteando por estas. Primeira paragem a não perder fica ainda no concelho: Vidago, onde é imperativa uma visita ao parque centenário homónimo.

3
A viagem prossegue entre uma certa agrura da serra e montes verdejantes. Para quem gosta de conduzir com tranquilidade, esta é uma estrada a cumprir. No entanto, nem sempre as condições do asfalto se revelam as melhores, por isso, há que ter cuidado (tanto nesta região como até ao fim do percurso).

4.jpg
A passagem por Vila Real também merece alguma atenção, mas o que é de tirar o fôlego são as paisagens de socalcos de vinhas que se seguem, pelo Alto Douro, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade, até Peso da Régua. Além de que há tempo e espaço para alguma diversão, tirando partido das curvas e contracurvas.

5.jpg
O país esculpido a pedra e granito vem a seguir, com passagens em Lamego, Viseu, Tondela, Santa Comba Dão… Até que se inicia outro país, ainda acidentado, mas mais verde, onde imperam vastas zonas arborizadas: Penacova, Vila Nova de Poiares, Vila Nova do Ceira, Góis.

6
Por aqui também é de perder algum tempo e, se o tempo estiver quente, descobrir uma ou outra praia fluvial. Mas, se o convite a mergulhos for despropositado, por esta região também é possível ser surpreendido pelas muito bem conservadas aldeias do xisto (Aigra Nova, Aigra Velha, Comareira e Pena).

7
A partir de Góis e com Pedrógão Pequeno como destino, chega-nos a zona do Pinhal e das grandes albufeiras, como a do Cabril. Pelo caminho, voltam as curvas sinuosas e alguns troços em mau estado.

8.jpg
E por aqui também há paragens obrigatórias: no alto da serra do Açor, de onde se tem uma visão impressionante (se for com tempo, na Portela do Vento, antes de cortar à direita pela EN-2, siga em frente e descubra outra aldeia emblemática: Fajão), ou junto à placa da Picha, aldeia do concelho de Pedrógão Grande (os nomes “estranhos” sucedem-se por isso tome atenção às placas).

9.jpg
Até Pedrógão Pequeno ainda há outro ponto de beleza avassaladora ao cruzarmos o rio Zêzere pela Barragem do Cabril. Depois daqui, desviamos caminho em Vila de Rei, para registarmos a passagem no Centro Geodésico do país, que marca o local mais central em termos de coordenadas e de onde se tem uma visão extensa do coração do país.

10
À medida que vamos avançando para sul, o verde denso, sobretudo da enorme mancha de pinhal e de eucaliptos que, mesmo depois dos fogos, continua a caracterizar a região, vai dando lugar a uma paisagem mais aberta. Para trás ficam as beiras; aguarda-nos o acolhedor Ribatejo, com paragem obrigatória em Abrantes.

11.jpg
Depois, é cruzar o Tejo e prepararmo-nos para entrar em Ponte de Sor e, depois desta, para o dourado das planícies alentejanas e para o típico casario alvo, delineado a azul ou amarelo.
É difícil escolher sítios onde parar; todos parecem convidativos e em qualquer um há um petisco (esta também deve ser uma viagem gastronómica!) que faz brotar dois dedos de conversa.

12
A estrada faz-se agora de retas a perder de vista, à medida que se cruza os distritos de Évora e de Beja. Neste distrito, destaque para o facto de a EN-2 cruzar a localidade de Castro Verde e, mais à frente, de Almodôvar.

13
E é a partir daqui que a estrada se transforma em Património, classificação que data de 2003. Ao longo deste troço, de quase 60 quilómetros, até S. Brás de Alportel, tudo parece saído de um filme dos anos de 1930 – exceto que aqui não há lugar a preto e branco, mas antes a muita cor!

14.jpg
Tudo ao longo deste traçado foi recuperado para que se sinta o valor histórico do caminho: a sinalização, as casas de cantoneiros, as áreas de descanso… É também aqui que acabamos como começámos: com as curvas e contracurvas da Serra do Caldeirão que tornam a viagem um pouco mais longa, mas também mais divertida.

15.jpg
O quilómetro 737, já em Faro, e com o mar quase à vista, marca o fim da viagem.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Anúncios

Chaves and around…

Standard

Chaves entrou na órbita cristã medieval em finais do século IX, depois das invasões dos bárbaros no século V e dos Muçulmanos no século VIII que fizeram desaparecer progressivamente a importância do Império Romano e por tanto, da vila romana Aquae Flaviae (antigo nome de Chaves).

Na altura da reconquista Cristã, quando Afonso III, Rei de Leão e Castela conquistou Chaves, a vila precisava de ser reconstruída e o Rei confiou esta missão ao enigmático Conde Odoário, ao serviço dos reis asturianos, que fiz construiu o Castelo de Chaves e muralhas para defender a cidade.

Desde o século IX até ao século XIII, o Castelo de Chaves sofreu várias reconstruções e configurações. No principio com outras invasões muçulmanas, o Castelo desempenhou também um papel importante na organização e na defesa do reino de Portugal. O que resta da fortificação medieval e da Torre de Menagem tal como a conhecemos hoje, foi edificado no período gótico, possivelmente no século XIII pelo o reinado de Dom Afonso.

Não faltam as testemunhas da Idade Média quando a vila de Chaves estava rodeada de muralhas. As muralhas reprentava um espécie de rectângulo cujos limites eram na actual Rua do Postigo das Manas (leste), na Rua da Tulha (oeste), na Rua do Poço (sul) e na Rua do Bispo Idácio (norte). Havia uma Torre brasonada mais o menos na actual entrada da Rua Direita e outra torre mais o menos no actual Largo do Anjo.

Chaves_Rio_Tâmega_e_Madalena_Jardim_Público.jpg

No interior das muralhas onde se encontram hoje o Bairro Medieval, a população alojava-se em pequenas casas, de vários pisos. As ruas eram estreitas, de que é exemplo a Rua Direita. Para rentabilizar o espaço intramuros, era habitual construírem-se varandas nos andares superiores, avançadas sobre a rua, em madeira de castanho ou de pinho. Todas estas casas estão ligadas umas aos outras pela uma porta que nos tempos medievais e de guerra, eram utilizadas pelos habitantes para fugir.

Com as suas casas estreitas e rústicas varandas, o Bairro Medieval de Chaves é um local único e é património protegido. Troços da muralha medieval que envolvia a cidade de Chaves ainda ficam visíveis em alguns lados, como o Postigo das Caldas (que fica nos Largo do Postigo), na Rua do Postigo das Manas (que liga a Rua Direita a Rua General Sousa Machado) e outro troço se encontra ao pé do jardim do Castelo.
Uma boa caminhada na nossa cidade nos dá a descobrir a Chaves medieval.

vila-medieval-de-chaves

A Vila medieval de Chaves durante o Reinado de D. Manuel I (1495-1521). Desenhos de Duarte d’Armas, extraidos do livro : “Crónica da Vila Velha de Chaves”, de Júlio Montalvão Machado / The medieval town of Chaves during the Reign of D. Manuel I (1495-1521). The drawings made by Duarte D’Armas, were scanned from the book “Crónica da Vila Velha de Chaves”, from the author Júlio Montalvão Machado.

vila-medieval-de-chaves_gravura

A vila medieval de Chaves até ao século XVII. Esta gravura foi extraida do livro: “Crónica da Vila Velha de Chaves”, de Júlio Montalvão Machado / The medieval town of Chaves until the 17th century. This print was extracted from the book “Crónica da Vila Velha de Chaves”, from the author Júlio Montalvão Machado.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

 

Viking Ultimate World Cruise – 5º dia: Dublin, Irlanda

Standard

5º dia: O que poderá fazer, visitar e explorar?
Dublin, Irlanda

Dublin, Irlanda.jpg
Descubra Dublin, a capital carismática da República da Irlanda, no Rio Liffey. Fundado como um assentamento Viking, hoje é um dos centros culturais mais significativos da Europa. Um tour panorâmico leva você ao Trinity College, a sua biblioteca abriga cerca de 5 milhões de volumes, incluindo o mundialmente famoso Livro de Kells, um manuscrito dos Evangelhos, iluminado à mão. Você também verá a imponente Catedral de St. Patrick, o St. Stephen’s Green, a famosa Guinness Storehouse e o Phoenix Park, o maior parque público fechado da Europa e passar pela neoclássica Prefeitura e pelo imenso Castelo de Dublin.

Cidade de Dublin

Cidade de Dublin.jpg
Parta numa viagem cativante através dos pontos de interesse e edifícios históricos mais famosos de Dublin. Começando na Custom House, você cruzará o Rio Liffey até ao vibrante lado sul de Dublin. Aqui, pare na universidade mais antiga da Irlanda, o Trinity College. Fundada em 1592 pela rainha Elizabeth I, a biblioteca da Trinity abriga o mundialmente famoso Livro de Kells, um manuscrito dos Evangelhos, iluminado à mão. Continue até as famosas Portas de Dublin, com pinturas georgianas, a Galeria Nacional da Irlanda, o St. Stephen’s Green, o Castelo de Dublin e a Catedral de St. Patrick. Fundado em 1190, o St. Patrick’s é talvez mais conhecido pela sua associação com Jonathan Swift, que foi reitor aqui de 1713 a 1745. No caminho para o Phoenix Park, o maior parque público fechado da Europa, passe no famoso Guinness Storehouse. De volta ao lado norte, a sua excursão termina no General Post Office, que foi o cenário do Levante da Páscoa de 1916 e o local de nascimento da nação irlandesa.

A experiência do conhecedor da Guinness

A experiência do conhecedor da Guinness.jpg
Prove o néctar preto desta famosa bebida e descubra a sua origem numa visita ao Guinness Storehouse de Dublin. Os visitantes aprenderão o que significa produzir uma cerveja da mais famosa exportação da Irlanda nesta exclusiva Experiência de Conhecedor. A história dramática começa há mais de 250 anos e termina no Connoisseur Bar da Guinness Storehouse, com as suas vistas surpreendentes de Dublin. Conheça Arthur Guinness e descubra como a bebida que leva o seu nome viajou pelo mundo. Passe algum tempo na galeria de publicidade, onde todo o material publicitário passado e presente da Guinness é exibido. E descubra como é importante uma boa técnica “extrair a cerveja perfeita”, a maneira de segurar o copo, a velocidade na qual a cerveja entra no copo, o tempo para a cerveja estabilizar e o toque final que dá à cerveja uma cabeça cremosa. Em seguida, sente-se, aprecie as vistas e saboreie a sua caneca de “coisas pretas”.

Dublin histórica a pé

Dublin histórica a pé
Passeie pelo coração desta capital georgiana para descobrir a sua elegância clássica entrelaçada com a modernidade chique. O primeiro edifício impressionante que você vai passar é a Galeria Nacional da Irlanda, que contém muitos trabalhos clássicos bem como os retratos mais modernos de John Butler Yeats. Em seguida, estão os prédios do governo, o cemitério huguenote e o St. Stephen’s Green (22 acres de um belo parque bem cuidado). Após o Mansion House, a residência do Lord Mayor de Dublin, pare num pub irlandês típico para tomar um copo de cerveja Guinness. A sua próxima paragem é no Trinity College, a universidade mais antiga da Irlanda. Inaugurado pela rainha Elizabeth I em 1592, o colégio está localizado num local privilegiado de 40 acres no centro da cidade, onde o isolamento silencioso da academia contrasta ricamente com as ruas movimentadas do lado de fora. Emergindo na Nassau Street, com lojas que oferecem produtos irlandeses de qualidade, você terá tempo livre para fazer compras antes de retornar ao seu navio.

Experimente o tradicional entretenimento irlandês

Experimente o tradicional entretenimento irlandês.jpg
Veja os destaques de Dublin e em seguida coloque os seus sapatos de dança para uma emocionante aula de mestre na dança tradicional irlandesa. Comece a sua excursão com um passeio panorâmico que o levará aos locais mais famosos da cidade, como as Portas de Dublin, o Trinity College, a Galeria Nacional da Irlanda, os edifícios do governo, o St. Stephen’s Green e a Catedral de St. Patrick. Pare aqui para tirar uma foto antes de continuar para o Old Storehouse, um tradicional pub irlandês. Aqui, o seu professor especialista dará uma breve introdução às complexidades da dança irlandesa, que geralmente é caracterizada por uma rigidez na parte superior do corpo e movimentos rápidos e precisos dos pés. É agora um fenómeno internacional devido ao sucesso de espetáculos de renome mundial, como o Riverdance e Lord of the Dance. Após a sua aula de energia, sacie a sua sede com um copo de cerveja Guinness antes de retornar ao seu navio.

Visita à fazenda local

Visita à fazenda local.jpg
Embarque num dia de atividades e experiências emocionantes que provarão a sua coragem como cidadão irlandês honorário. Você visitará uma fazenda local e conhecerá a família extensa dos fazendeiros antes de se lançar na vida rural irlandesa com gosto. Suba num trator, corte o gramado, ordenha uma vaca, trabalhe um cão pastor ou aprenda a fazer uma corda de súgán (palha). Depois de despertar o apetite, sente-se com um delicioso e saboroso almoço de quatro pratos na casa da fazenda. Depois do almoço, você pode experimentar o desporto milenar de arremessar e aprender sobre o seu lugar no folclore e na tradição irlandesa. Por fim, junte-se a uma típica dança irlandesa ceilidh, uma celebração altamente energética e divertida. Saia com os melhores deles na pista de dança ou mantenha o ritmo com um tambor de bodhrán de pele de cabra. De qualquer forma, as festividades animadas vão aquecer o seu coração e mantê-lo a sorrir.

Visita ao antigo castelo e taberna da Abadia

Visita ao antigo castelo e taberna da Abadia.jpg
Explore um castelo do século XIV e saboreie o cheiro doce de um verdadeiro fogo relvado numa taberna irlandesa tradicional. Malahide Castle and Gardens possui uma das melhores colecções de mobiliário período irlandês, juntamente com uma coleção de pinturas irlandesas retrato da National Gallery of Ireland. O castelo, sede da família Talbot, tem uma área de 250 hectares de parque. Recentemente, o castelo foi adquirido pela Shannon Heritage, que instalou uma nova exposição e centro interpretativo. Daqui, viaje até ao pitoresco porto de pesca de Howth, parando na Abbey Tavern do século XI e saboreie um café irlandês. Aninhado contra as antigas ruínas de Howth Abbey, com o adorável porto de pesca e marina abaixo, Abbey Tavern é um local ideal para saborear a atmosfera genuína da antiga Irlanda. O charme do velho mundo, os reluzentes relvados, as paredes de pedra originais, o piso de laje e as luzes a gás proporcionam uma recepção calorosa.

Fazenda de casa da fazenda Ballyknocken

Fazenda de casa de fazenda Ballyknocken
Volte no tempo pelo “Jardim da Irlanda” a caminho de um delicioso tratamento culinário no Condado de Wicklow. Esta antiga terra glacial é uma paisagem harmoniosa de pastagens ondulantes, florestas exuberantes e montanhas cobertas de névoa dentro do qual fica a Ballyknocken House & Cookery School. Um charmoso quatro estrelas cama e café, Ballyknocken é o lar de Catherine Fulvio, um chef de TV aclamado e escritor de alimentos. Contribuinte regular da revista Irish Garden, Catherine também apareceu no Today Show da NBC. Na cozinha do Ballyknocken, você descobrirá como a farinha, o fermento, o sal, o açúcar, a manteiga, as natas e os ovos podem criar a iguaria perfeita para o chá, scones. Após a demonstração de cozimento, você é convidado a sentar e desfrutar de biscoitos recém-assados servidos com geleia caseira e café ou um cupã tae (xícara de chá). Depois, explore o pitoresco jardim de ervas e passeie pela fazenda vitoriana antes de voltar ao seu navio.

A Água da Vida na Destilaria Jameson

A Água da Vida na Destilaria Jameson.jpg
Descubra a bela cidade de Dublin e a sua famosa “água da vida”, também conhecida como uísque irlandês Jameson. Com a sua arquitetura medieval, georgiana e moderna proporcionando um pano de fundo para uma cidade movimentada e amigável, a capital da Irlanda é cheia de história e energia juvenil. Viajando pela cidade, você verá edifícios icónicos e locais como o Trinity College, fundado em 1592. A Catedral de St. Patrick, fundada em 1190, e o famoso Guinness Storehouse. O seu destino é a Destilaria Jameson, no coração de Dublin, onde você descobrirá a “água da vida”. Sentado no Bar Jameson, entre uma variedade de recordações que remontam à década de 1780, você pode saborear o suave aroma do uísque irlandês John Jameson. Animar o seu paladar, comparando uísques irlandeses selecionados contra variedades de uísque e bourbon, e retornar ao seu navio com um certificado conferindo-lhe o grande título de Certified Irish Whiskey Taster.

Uma noite de música e dança irlandesa

Uma noite de música e dança irlandesa.jpg
Passe uma noite divertida desfrutando da animada cultura de pub de Dublin, com jantar e uma apresentação de música e dança. Embarque num passeio panorâmico até um pub local. Os pubs são uma parte importante da cultura irlandesa, proporcionando uma atmosfera casual e amigável em que os moradores locais podem se reunir e desfrutar da comida e bebida saudáveis, além de desportos e músicas tradicionais irlandeses. À chegada, desfrute de uma calorosa recepção irlandesa dos os seus anfitriões antes de se sentar para uma deliciosa refeição de quatro pratos de comida irlandesa típica. Depois do jantar, beba um café irlandês quente, uma bebida de aquecimento que consiste em café, uísque e açúcar, coberto com creme espesso. A Irlanda é famosa pelas suas tradições celtas de música e dança. Mergulhe numa performance energética de música folclórica e dança clássica irlandesa. No final deste espetáculo envolvente, você embarcará no seu autocarro e retornará ao seu navio.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Viking Ultimate World Cruise 4º dia: Cruzeiro Panorâmico: Canal Inglês

Standard

1º dia e 2º dia: Londres (Greenwich), Inglaterra
3º dia: Dover, Inglaterra

4º dia: Cruzeiro Panorâmico: Canal Inglês
Cruze o Canal da Mancha no Mar Celta. Aproveite as muitas comodidades do seu navio enquanto navega, talvez deliciando com uma massagem no The Spa, tomando o chá da tarde no Wintergarden e fechando o seu dia com uma cozinha requintada no restaurante italiano Manfredi.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Viking Ultimate World Cruise – 3º dia: Dover, Inglaterra

Standard

1º dia e 2º dia: Londres (Greenwich), Inglaterra

3º dia: O que poderá fazer, visitar e explorar?
Dover, Inglaterra

View of the White Cliffs of Dover, Kent, England, UK, Europe
Aproveite para conhecer Dover, onde você pode explorar as ruas deste antigo porto, que teria sido incendiado quando William, o Conquistador, veio a caminho de Londres após a sua vitória na Batalha de Hastings. Um passeio panorâmico leva você a Rye, uma cidade fortificada no topo da colina que já foi o lar de uma rede de contrabandistas. Durante os séculos 18 e 19, as gangues planejaram ataques em hospedarias locais e transportaram mercadorias através de túneis subterrâneos até o porto. Hoje, o pitoresco Rye atrai equipas de filmagem em busca de cenários históricos para produções de época.

Centeio Panorâmico

Centeio Panorâmico
Descubra a pitoresca cidade de Rye, uma tradicional vila de pescadores e lar de uma rede de contrabandistas. Uma vez cercada pelo mar, esta cidade fortificada no topo da colina desempenhou um papel importante na defesa da costa sul da Inglaterra. Devido à sua localização privilegiada ao lado de Romney Marsh, Rye era um paraíso para contrabandistas. Nos séculos XVIII e XIX, gangues notórias, como a Gangue Hawkhurst, usaram as hospedarias locais para planejar seus ataques, transportando mercadorias através de uma rede de túneis subterrâneos entre a cidade e o porto. Hoje, Rye é o lar de muitos autores, músicos, artistas e celebridades, e regularmente atrai equipas de filmagem em busca de cenários históricos para produções de época. A torre da igreja de Santa Maria oferece o melhor ponto de vista para ver os telhados de terracota das casas de madeira, ruas de paralelepípedos e passagens secretas. Passeie pelo traçado medieval de Rye e relaxe em um charmoso café antes de voltar para Dover.

Catedral de Canterbury e Castelo de Leeds

Catedral de Canterbury e Castelo de Leeds.jpg
Viaje por uma região conhecida como o “Jardim da Inglaterra” para a Canterbury, Património Mundial da UNESCO. Neste lugar, tornado famoso por Canterbury Tales de Geoffrey Chaucer, fica uma cidade medieval por excelência num dos cantos mais atraentes da Inglaterra rural. Nos tempos medievais, os peregrinos reuniram-se na cidade para visitar o santuário do Arcebispo de Canterbury, Thomas Becket. Passe algum tempo explorando a magnífica catedral, o labirinto de ruas medievais e lojas pitorescas antes de seguir para o Castelo de Leeds. Situado numa ilha elevada no meio de um lago e situado em mais de 200 hectares de belos jardins e parques, o Leeds Castle é o castelo mais antigo e mais romântico da Inglaterra. Foi construído pelos normandos em 1119, e o seu proprietário mais famoso, Henry VIII, foi responsável por transformar Leeds num verdadeiro palácio real. Aproveite o tempo livre no castelo com um audioguide pessoal e explore os belos jardins à sua vontade.

Jardins do Castelo Sissinghurst

Jardins do Castelo Sissinghurst.jpg
Mergulhe na beleza natural no Sissinghurst Castle and Garden, apresentando um clássico jardim rural inglês. Situado numa região conhecida pela sua beleza natural excepcional, os jardins deslumbrantes do Castelo Sissinghurst. Cuidadosamente criado na década de 1930 por Vita Sackville-West e Harold Nicolson, os jardins hoje são mantidos pelo National Trust. O próprio castelo foi desenvolvido em torno de uma mansão elisabetana com uma torre central de tijolos vermelhos, que ainda sobrevive hoje. Os quartos dentro destas impressionantes torres são íntimo e romântico na atmosfera. Explore as ruínas do castelo e desfrute da exposição bem apresentada, que conta as histórias da história do castelo, desde as guerras napoleónicas até a era popular de colheita de lúpulo. Depois, passeie pelos jardins espetaculares, que são separados em dez áreas por paredes bem alinhadas e sebes, dando-lhe uma impressão de paz e isolamento.

Grã-Bretanha em guerra

Grã-Bretanha em guerra
Explore locais importantes da Segunda Guerra Mundial, incluindo a Batalha da Grã-Bretanha, um ponto de virada crucial na guerra. Ouça o seu guia contar histórias sobre o “Hellfire Corner” de East Kent enquanto viaja para o Museu Memorial Spitfire & Hurricane na RAF Manston. Faça um tour auto-guiado e veja os muitos artefatos, incluindo os icónicos aviões de combate Spitfire e Hurricane. Em seguida, viaje para Ramsgate Harbour, onde 4.200 “Little Ships” partiram para resgatar as tropas aliadas encalhadas em Dunquerque do outro lado do Canal da Mancha. Após uma curta visita guiada, passe algum tempo a explorar a sua vontade. Você vai parar para o almoço num pub local encantador. A sua excursão termina no alto dos Penhascos Brancos de Dover, na pequena aldeia de Capel-le-Ferne. Visite o Memorial da Batalha da Grã-Bretanha e mergulhe na “The Scramble Experience” para ter uma ideia melhor de como era a vida durante a guerra.

Vinhedo e Degustação de Vinhos com Almoço

Vinhedo e Degustação de Vinhos com Almoço
Viaje para a bela paisagem de Kent para uma excursão informativa ao principal produtor de vinhos da Inglaterra. Localizada entre 22 acres de vinhedos exuberantes, a vinícola Chapel Down é a fornecedora de ícones britânicos como Gordon Ramsay e o primeiro-ministro. Aprenda sobre o icónico solo de giz da região, o mesmo que o da famosa região de Champagne na França, durante a sua visita guiada aos bastidores dos vinhedos e da vinícola. Descubra como este solo, em conjunto com o clima frio da Inglaterra, permite a produção de vinhos brancos aromáticos e elegantes vinhos tintos de uvas como pinot noir, chardonnay, pinot blanc e bacchus. Proteja o seu passeio com uma degustação de uma extensa seleção de nove vinhos. Depois, dirija-se ao restaurante Swan, que é especializado em cozinha britânica premiada. Desfrute de um delicioso almoço de dois pratos feito com os melhores produtos da região, incluindo frutos do mar frescos. Aproveite o tempo após o almoço para explorar os terrenos ou fazer compras antes de retornar ao seu navio pela pitoresca Tenterden.

Ferroviária Vintage e Bodiam Castle

Ferroviária Vintage e Bodiam Castle.jpg
Embarque num comboio vintage e viaje pela verdejante zona rural de Kent até o bem preservado castelo medieval de Bodiam. Embarque num passeio panorâmico até a encantadora cidade de Tenterden. Admire a ampla e sombria High Street, ladeada por pitorescos edifícios Tudor, Regency e vitorianos. Embarque na sua carruagem vintage do século XIX em Kent e East Sussex e desfrute de um chá gelado enquanto viaja pela bucólica zona rural de Rother Valley. Em Bodiam, você desembarcará num tour pelo seu famoso castelo. O Bodiam Castle foi construído em 1385 para proteger a costa sul da Inglaterra dos invasores franceses. Ao longo dos séculos, caiu em desuso, até que os esforços para preservá-lo e renová-lo começaram no século XIX. Hoje, o seu exterior está quase completo, com as suas ameias e muralhas subindo dramaticamente acima do fosso abaixo. Faça uma visita guiada pelo interior e tenha uma ideia de como era a vida do castelo.

Chartwell Home, Galeria e Jardim

Chartwell Home, Galeria e Jardim.jpg
Visite a casa de uma das figuras políticas mais fascinantes do século XX, Sir Winston Churchill. Viaje pelo interior de Kent até Chartwell, o centro do mundo de Churchill quando ele estava fora de Londres e onde ele se inspirou de 1924 até o fim da sua vida em 1965. Faça um tour pelos quartos e veja as muitas fotos, mapas, fotografias e lembranças pessoais em exposição ao lado da ampla gama de interesses e hobbies que Churchill gostava, como escrever e pintar. Em seguida, saia e passeie pelos bem cuidados jardins da encosta que descem em direção ao lago. Você também pode visitar o estúdio de Churchill, onde muitas das suas pinturas residem, e o jardim de rosas de Lady Churchill. Desfrute de um delicioso almoço dentro do recinto no Landemare Café, depois explore-o à vontade ou visite os pontos turísticos de manhã antes de retornar ao seu navio.

Castelo de Walmer

Castelo de Walmer.jpg
Aprenda sobre a história do condado de Kent no castelo medieval de Walmer e a encantadora cidade de Sandwich. Suba a costa do Estreito de Dover em direção ao castelo. Construída no século XVI, esta antiga fortificação militar é agora a residência oficial do Lord Warden dos Cinque Ports, um escritório que foi detido pela Rainha Elizabeth The Queen Mother. Faça um passeio guiado por multimídia através de vários dos quartos elegantes do Queen Mother. Examine as recordações da residência, móveis finos e pinturas, depois passeie pelo ornamental Queen Mother’s Garden, um presente para comemorar no seu 95º aniversário em 1997. Depois, vá até a histórica Sandwich, uma pequena cidade que já foi parte da famosa confederação de Cinque Ports. Faça um passeio guiado pelas ruas sinuosas, portões, igrejas e casas de madeira da Cidade Velha. Ou, você pode explorar a cidade em seu lazer antes de retornar ao seu navio.

Cervejaria Shepherd Neame

Cervejaria Shepherd Neame
Visite a renomada cervejaria Shepherd Neame Brewery para ver os bastidores da cervejaria mais antiga da Grã-Bretanha. Viaje de autocarro até à cidade medieval de Faversham, cujo suprimento natural de água pura e campos circundantes de lúpulo a tornaram um local ideal para a produção de cerveja por pelo menos 850 anos. A sua excursão a essa empresa familiar independente, fundada originalmente em 1678, incluirá uma visita à Old Brewery Store, que exibe veículos de entrega históricos, uma oficina de cooper recriada e uma coleção de lembranças de pub e colheita. Veja os túmulos, em que começa o trabalho manual das cervejas Kentish. Visite o moderno Millennium Brewhouse, o ponto de partida na produção de cervejas premiadas da cervejaria. Depois, volte para o centro de visitantes para desfrutar de uma degustação guiada das cervejas Kentish da Shepherd Neame e cervejas especiais antes de visitar a loja.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Viking Ultimate World Cruise – 2º dia: Londres (Greenwich), Inglaterra

Standard

1º dia: Londres (Greenwich), Inglaterra

2º dia: O que poderá fazer, visitar e explorar?
Londres (Greenwich), Inglaterra

2º dia Londres (Greenwich), Inglaterra
Passe a sua manhã descobrindo Greenwich, o seu excelente Museu Marítimo Nacional e o Observatório Real, de onde se encontram os relógios do mundo. Como alternativa, faça uma pequena viagem ao centro de Londres e explore a cidade real e todo o seu esplendor. Veja a Torre de Londres, o Parlamento e o Big Ben, a Abadia de Westminster, o Palácio de Buckingham e a Catedral de St. Paul. Ou explore o animado Mercado de Peixe Billingsgate no leste de Londres e aprenda com os especialistas como selecionar, preparar e cozinhar diferentes tipos de peixe.

Royal Greenwich

Royal Greenwich
Descubra a história marítima e real de Greenwich a pé. Você seguirá com o seu guia para uma caminhada que o levará além do famoso Cutty Sark, o único veleiro que sobreviveu ao mundo e o veleiro mais rápido do mundo quando foi construído em 1869, e o Greenwich Market, uma mistura eclética de artes e artesanato e comida de rua. Continue até a Igreja St. Alfege, dedicada ao arcebispo de Canterbury que foi morto neste local em 1012 e onde Henrique VIII foi batizado. Depois, pare para tirar umas fotos na Queen’s House, o primeiro edifício clássico construído na Inglaterra. Veja o Museu Marítimo Nacional, situado num antigo palácio real e o maior museu marítimo do mundo, e o icónico Old Royal Naval College, a peça central de arquitetura de Maritime Greenwich, antes de retornar ao seu navio.

Monumentos Clássicos de Londres

Monumentos Clássicos de Londres.jpg
Faça um passeio clássico por alguns dos pontos de interesse mais famosos de Londres, acompanhado por um renomado guia licenciado pela Blue Badge. Ao chegar à cidade, você passará pelo Palácio de Buckingham, pela London Eye, pela Parliament Square e pelo Big Ben. Veja a imponente mas delicada Abadia de Westminster e os seus vastos arcobotantes. Atravesse a Trafalgar Square e desça a Whitehall, o distrito do governo onde você verá o memorial de guerra Cenotaph e os portões da 10 Downing Street, onde fica o primeiro-ministro. Aproveite o tempo para almoçar e fazer compras em Covent Garden. Uma viagem ao longo do Tamisa apresenta o Royal Festival Hall, o Teatro Nacional, a Tate Modern e a OXO Tower. Pare para tirar umas fotos externas na maior obra-prima de Sir Christopher Wren, a Catedral de St. Paul. Na famosa Torre de Londres, contemple as impressionantes Jóias da Coroa e ouça as histórias sobre o Portão do Traidor e a Torre Branca.

Mercado de peixe Billingsgate

Mercado de peixe Billingsgate.jpg
Explore o animado Mercado de Peixe Billingsgate, no leste de Londres, aprenda técnicas de filetagem de peixe e depois saboreie uma refeição. Você sairá do seu navio no início da manhã e será recebido por membros da Billingsgate Seafood School. Esta organização trabalha para promover a pesca sustentável, catering e cozinhar para profissionais e amantes da gastronomia. O seu guia irá acompanhá-lo por barracas sem fim de peixe fresco e compartilhará a história do mercado. Você vai encontrar até 150 tipos de peixes de todo o mundo aqui, de moluscos para carpa de água doce e enguia para barracuda e barramundi. Na cozinha do andar de cima, você aprenderá a técnica perfeita para filetar o seu próprio peixe e depois desfrutar de uma refeição preparada na hora. A um custo suplementar, você pode escolher o seu peixe e a equipe de bordo irá prepará-lo no seu navio como parte do seu jantar. Por favor, note que há um mínimo de 12 hóspedes necessários para o jantar suplementar.

Londres e o London Eye

Londres e o London Eye.jpg
Testemunhe o espetáculo de Londres da água e do ar nesta excursão enriquecedora. Um passeio de barco panorâmico ao longo do Rio Tamisa revela marcos maravilhosamente iluminados. Passe pela histórica Torre de Londres e pela bela Tower Bridge. Veja as Casas da Praça do Parlamento, o Big Ben e a magnífica Abadia de Westminster. Para uma vista aérea, suba para o céu a bordo da London Eye Ferris. A Viking reservou uma cápsula apenas para o seu grupo, por isso não haverá necessidade de esperar na fila. À medida que sobe lentamente sobre a margem sul do Tâmisa, contemple as vistas deslumbrantes sobre o rio da Catedral de São Paulo até o icónico arranha-céu em 30 St. Mary Axe conhecido como o Gherkin. De volta ao solo, você irá embarcar no seu barco para o cruzeiro de volta ao Tamisa de volta ao seu navio.

A torre de Londres

A torre de Londres.jpg
Explore o passado intrigante de um dos marcos mais emblemáticos da Grã-Bretanha. Acompanhado pelo seu Blue Badge Guide, veja os famosos Beefeaters, os Yeoman Warders que vivem na Torre de Londres, protegendo-o e o seu valioso conteúdo 24 horas por dia. Visite a Torre Branca, em cujas masmorras o terror reinou. Veja Traidores Gate, nomeado para o número de prisioneiros acusados de traição rumores de ter passado por ele. E nenhuma viagem à Torre de Londres estaria completa sem ver as Joias da Coroa. Esses inestimáveis símbolos da monarquia britânica incluem o enorme diamante Cullinan I de 530,2 quilates, a coroa de Santo Eduardo, usada pela última vez para a coroação da rainha Elizabeth II, e a coroa da rainha Elizabeth, a rainha-mãe. Esta peça deslumbrante é definida com 2.800 diamantes, incluindo o diamante mais famoso da Jewel House: o Koh-i-Noor. Após esta fascinante jornada através de mais de 1.000 anos de história real, retorne ao seu navio.

Cerimónia das Chaves na Torre de Londres

Cerimónia das Chaves na Torre de Londres.jpg
Desfrute de uma visita especial após o horário da Torre de Londres e experimente uma tradição única e secular. A Torre de Londres tem sido palco de muitos grandes eventos durante os seus 1000 anos de história como palácio real, fortaleza, prisão, local de execução e casa de jóias. Ninguém sabe mais sobre a história da Torre do que os Guardiões Yeoman, mais conhecidos como os Beefeaters. Você será cativado pelas histórias incríveis daqueles que guardaram essa fortaleza por séculos, transmitidos de geração em geração, durante a sua visita guiada privada ao terreno da torre, incluindo a Torre Branca, construída por Guilherme, o Conquistador, em 1078. Testemunhe a antiga tradição da Cerimônia das Chaves, que foi promulgada todas as noites sem faltar por quase 700 anos, pelo Chefe da Guarda Yeoman da Torre. Esta é a sua hipótese de testemunhar um pedaço da história real que ainda existe hoje.

Antigo teto de faculdade naval real

Antigo teto de faculdade naval real.jpg
Veja a obra-prima do teto que um artista passou quase 20 anos a ser pintado no Royal Naval Hospital, um antigo palácio. O original Greenwich Palace, berço das rainhas Tudor Mary I e Elizabeth I, também foi a principal residência de Henrique VIII em Londres, e a localização da prisão de Ana Bolena antes da sua decapitação em 1536. Em 1692, sob a instrução de Mary II, o Royal O Hospital for Seamen at Greenwich foi fundado e o talentoso mas inexperiente pintor James Thornhill foi contratado para decorar o Painted Hall do novo Royal Naval Hospital. Desfrute de um passeio exclusivo para ver o teto do Painted Hall e aproxime-se do vasto teto do hall inferior através de um deck de observação especial. Após a sua excursão exclusiva, caminhe até a Casa do Almirante, a antiga residência do governador do hospital. Desfrute de uma refeição privada de 2 pratos antes de voltar para o seu navio aguardando.

A mesa da cozinha

A mesa da cozinha.jpg
Mergulhe na cultura e gastronomia locais enquanto o nosso Chef Executivo leva até você uma aventura culinária interativa. De manhã, você vai viajar num mini-autocarro para o mercado local para colher os ingredientes com instruções do nosso Chef. No final do dia, você ajudará a preparar pratos regionais para o jantar com orientações práticas da nossa experiente equipa de culinária. Você e os seus colegas estudarão as criações de nosso diretor de culinária e a sua equipa na The Kitchen Table. Você também observará a arte de plaqueamento e apresentação para cada um dos três pratos da refeição. De pratos frescos do mercado a técnicas culinárias e apresentação elegante, experimente em primeira mão como a equipa de culinária de classe mundial do navio traz sabores locais distintos da cidade ao seu paladar. É uma oportunidade inesquecível e única para fazer compras, cozinhar e comer com os mestres.

Chelsea Physic Garden

Chelsea Physic Garden.jpg
Visite o Chelsea Physic Garden, aprendendo sobre as suas plantas medicinais e as fortunas do seu principal benfeitor. Em 1712, Sir Hans Sloane, um famoso médico, naturalista e fundador do British Museum, comprou os jardins e a mansão. Numa visita à Jamaica, ele testemunhou mulheres locais misturando cacau com leite, para tratar doenças. A receita acabou sendo comprada pela Cadbury, tornando Sloane um homem muito rico e permitindo que ele garantisse a sobrevivência dos jardins e da mansão nos anos vindouros. Lar de uma coleção de cerca de 5.000 plantas medicinais comestíveis, aqui você verá espécimes raras e descobrirá a maior oliveira frutífera ao ar livre na Grã-Bretanha. As estufas possuem uma coleção de plantas tropicais, complementada por uma fernaria vitoriana. Conheça os trabalhos dos notáveis curadores do jardim, incluindo Philip Miller, William Forsyth e Robert Fortune, e aproveite os magníficos legados que eles criaram. Refrescos aguardam no café antes de retornar ao seu navio.

Museu Imperial da Guerra e Salas de Guerra de Churchill

Museu Imperial da Guerra e Salas de Guerra de Churchill
Descubra o trabalho secreto das Forças Especiais da Grã-Bretanha e os seus aliados, desde a Primeira Guerra Mundial até os conflitos de hoje. O Imperial War Museum conta histórias excepcionais das experiências de guerra das pessoas através de coleções de objetos, documentos, fotografias e filmes de classe mundial. Junte-se ao seu guia para uma visita às exposições, que contam as histórias daqueles que viveram a perseguição nazista na Europa de 1933 a 1945. Descubra a história da Segunda Guerra Mundial com os olhos do povo britânico e o seu império, e ganhe um compreensão de como a Grã-Bretanha e os seus aliados derrotaram Hitler. Em seguida, descubra o mundo secreto da espionagem e as estratégias, técnicas e bravura dos homens e mulheres por trás de algumas das missões mais secretas do século passado. Saiba mais sobre a vida e os tempos marcantes de Sir Winston Churchill durante a sua visita ao bunker e ao museu secreto da Segunda Guerra Mundial antes de retornar ao seu navio.

Hampton Court Flower Show

Hampton Court Flower Show.jpg
Visite um dos maiores eventos de jardinagem do mundo em razão de uma antiga residência real britânica. Embarque no seu autocarro para o Hampton Court Palace, construído em 1515 ao longo de um belo trecho do rio Tamisa. Durante a temporada de férias de 1603, a renomada trupe de atores de William Shakespeare interpretou uma série de peças antes do seu novo patrocinador, o rei James I. Aprenda sobre a história do palácio durante uma visita guiada e veja o impressionante Grande Salão de Henrique VIII. com as suas esplêndidas tapeçarias e vitrais coloridos. Em seguida, receba uma introdução aos destaques do RHS Hampton Court Flower Show durante uma recepção com champanhe. Após o almoço, explore o espetáculo ao seu belo prazer e admire as vitrines de jardins projetados por artistas da paisagem internacional, destaca-se de algumas das mais prestigiadas floristas da Grã-Bretanha e uma exposição informativa sobre a origem e evolução das plantas.

Palácio de Hampton Court e Kew Gardens

Palácio de Hampton Court e Kew Gardens.jpg
Descubra o amor dos bretões pela jardinagem num grandioso ambiente real. Embarque num autocarro para o Hampton Court Palace. Foi em 1603 que a trupe de atores de William Shakespeare, “King’s Men”, se apresentou para o seu novo patrono, o rei James I. Desfrute de uma visita guiada ao palácio, que combina características Tudor e barrocas, e conheça a sua história colorida. Em seguida, faça uma introdução aos destaques do RHS Hampton Court Flower Show durante uma recepção com champanhe. Desfrute do almoço antes de explorar o show como quiser. Admire jardins desenhados por artistas internacionais, estandes de prestigiados floristas e uma exposição informativa sobre a origem e a evolução das plantas com flores. Continue a sua edificação botânica nas proximidades do Kew Gardens. Este Patrimônio Mundial da UNESCO abriga a maior coleção botânica e micológica do mundo. Caminhe pelos jardins e descubra as suas belas paisagens e muitas casas de plantas e plantas ornamentais antes de voltar para o seu navio.

Um sabor de Londres com Celia Brooks

Um sabor de Londres com Celia Brooks.jpg
Junte-se ao renomado autor e chef de TV Celia Brooks para um gastro-tour guiado pelo famoso Borough Market de Londres. Localizado no bairro histórico de Southwark, o mercado é o mais antigo da cidade, com mais de mil anos. As suas inúmeras barracas variadas refletem a cultura gastronómica diversificada de Londres, oferecendo uma grande variedade de itens, desde alimentos tradicionais britânicos até especialidades de todo o mundo. Ao chegar, conheça Brooks, ex-chef particular do diretor de Hollywood Stanley Kubrick e o único guia oficial do Borough Market e comece a sua jornada de degustação com ostras recém-sem casca e uma taça de Prosecco. Enquanto navega pelo mercado, aprenda a sua história e prove degustações generosas de uma selecção de queijos locais e internacionais, carnes raras, vieiras frescas e muito mais. Conclua a sua excursão culinária com uma taça de vinho, queijo e charcuterie num bar de vinhos no mercado, depois embarque no seu autocarro para voltar ao seu navio.

As Famílias Reais de Londres

As Famílias Reais de Londres
Explore os lares da família real da Inglaterra durante um passeio panorâmico e a visita ao Palácio de Buckingham. Embarque no seu autocarro para uma viagem panorâmica passando por alguns dos pontos de referência associados à famosa Casa de Windsor, incluindo Clarence House, a residência atual do príncipe Charles e o St. James Palace. Veja a Abadia de Westminster e admire a grandeza gótica das Casas do Parlamento antes de chegar ao Palácio de Buckingham, uma das residências oficiais da Rainha Elizabeth II e sede administrativa da Coroa. Coloque os seus fones no ouvido e faça um tour de áudio autoguiado no seu tempo livre. Explore as grandes cabines, que foram usadas para entreter chefes de estado estrangeiros desde o reinado da rainha Vitória. Admire os belos móveis ingleses e franceses e a extensa coleção de arte que adorna as paredes, incluindo pinturas de Rembrandt, Rubens e Poussin. Termine o seu passeio com um passeio pelos jardins do palácio antes de retornar ao seu navio.

O mundo de Shakespeare

O mundo de Shakespeare.jpg
Mergulhe no mundo de William Shakespeare durante uma visita privada ao reconstruído Globe Theatre. Originalmente construído em Southwark em 1599, este palco do teatro histórico entretinha o público com muitas das obras mais emblemáticas de Bard of Avon antes do seu encerramento e eventual demolição em 1644. Reconstruída e reaberta em 1997, esta encarnação moderna continua a tradição teatral do seu antecessor com produções de obras de Shakespeare, os seus contemporâneos e modernos dramaturgos. Ao chegar, encontre o seu guia e comece uma exploração exclusiva do teatro, incluindo a sua galeria e quintal, antes de aproveitar o tempo livre para visitar o vasto UnderGlobe, que abriga a maior exposição mundial dedicada a Shakespeare. Em seguida, sente-se na galeria para uma emocionante demonstração particular de luta de palco e aprenda como ela foi usada no tempo de Shakespeare durante uma sessão informativa de perguntas e respostas com os atores.

Podem acompanhar tudo aqui:
https://filipemiguel.blog

Viking Ultimate World Cruise – Canadá

Standard

Canadá
O que irá explorar: L’Anse aux Meadows, Golfo de São Lourenço, Saguenay, Montreal, Gaspé, Halifax e a costa da Nova Escócia.

L’Anse aux Meadows, Newfoundland, Canadá

L'Anse aux Meadows, Newfoundland, Canadá.jpg
Retroceda 500 anos antes dos dias de Colombo, até o final do século 10, quando o Viking Leif Eriksson liderou o primeiro pouso europeu em solo americano em L’Anse aux Meadows, agora um Patrimônio Mundial da UNESCO. O belo local à beira-mar do sítio arqueológico na ponta norte da Terra Nova possui vestígios milenares, incluindo uma casa de campo Viking sod. Você explorará uma reconstrução da vila ou, se preferir, seguirá a pitoresca costa de Newfoundland e verá os animais marinhos em seu habitat natural.

Cruzeiro no Golfo de São Lourenço

Cruzeiro no Golfo de São Lourenço.jpg
Hoje você vai fazer o seu caminho em direção ao Rio São Lourenço através do Golfo de São Lourenço. Enquanto você navega, fique de olho nas várias espécies de baleias que as chamam de lares, incluindo baleias belugas. Você também pode assistir a uma aula de enriquecimento iluminante no teatro. Esta noite, desfrute de coquetéis no Lounge dos Explorers.
Você vai descer o rio St. Lawrence, um canal importante que permite que navios viajem do Oceano Atlântico até os Grandes Lagos do Centro-Oeste. Enquanto você navega, você pode assistir a uma aula de enriquecimento iluminante no teatro. Esta noite, desfrute de coquetéis com novos amigos no Lounge dos Explorers.
Aproveite o dia de cruzeiro até seu próximo destino, aproveitando as generosas comodidades de seu navio. Talvez você vá nadar na piscina infinita ou se misturar com os amigos recém-descobertos durante o chá no Wintergarden. Esta noite, desfrute de música suave de piano no Living Room ou jazz animado em Torshavn.

Saguenay, Quebec, Canadá

Saguenay, Quebec, Canadá.jpg
Descubra a história de Saguenay hoje, uma região outrora díspar de bairros estabelecida como uma cidade em 2002. Construída sobre uma rica indústria de comércio de peles e madeira, é uma cidade quintessencial de Quebec, orgulhosa de suas raízes rurais. Você pode testemunhar a história de seu crescimento durante um show animado criado especificamente para visitantes que falam inglês. Alternativamente, você pode ir ao campo para visitar duas empresas familiares que incorporam a herança francesa da região com sua produção de queijos e vinhos e desfrute de um dia imerso na natureza. Desfrute de uma envolvente viagem de alta velocidade pelo fiorde Saguenay ou de uma vela mais agradável em busca de gigantes gentis – St. Baleias beluga de Lawrence. Alternativamente, vá para o céu e veja o magnífico terreno do ar.

Cidade Quebec, Quebec, Canadá

Cidade Quebec, Quebec, Canadá.jpg
Visite a venerável cidade de Quebec, uma jóia de estilo europeu às margens do rio St. Lawrence. Ao explorar as ruas de paralelepípedos, você apreciará seu ar decididamente majestoso, coroado pelo magnífico Château Frontenac. Você verá a Place Royale, as Upper e Lower Old Towns alinhadas com edifícios distintos de pedra branca que datam do início do século XVII, e o Parlamento. Ou descubra a beleza natural da província em Montmorency Falls e no Canyon Sainte-Anne.
Chegue hoje a Québec e mergulhe na sua história ao visitar aldeias indígenas americanas. Aprenda sobre a vida cotidiana, costumes e técnicas antigas adotadas pelo povo Huron-Wendat. Ou faça um passeio de helicóptero emocionante sobre a cidade e a colcha de retalhos circundante de aldeias, terras agrícolas e florestas.

Montreal, Quebec, Canadá

Montreal, Quebec, Canadá.jpg
Descubra Montreal, a capital da cultura do Canadá. Lar de uma excitante e diversificada cena gastronômica, você encontrará deliciosas iguarias locais, como o cordeiro Kamouraska, ao lado de delícias parisienses. Esta noite, jante em terra e aproveite a atmosfera da vida noturna de Montreal enquanto passamos a noite no porto.
No dia seguinte você continuará a explorar Montreal. Entre na rica história da cidade de comércio de peles na sua secção do Porto Velho, ladeada por pitorescos edifícios de pedra ao longo do Rio São Lourenço. Subida às alturas do Mount Royal Park para vistas deslumbrantes da cidade e do rio. E maravilhe-se com a arquitetura e interiores gloriosos da Basílica de Notre-Dame. Alternativamente, você pode se aventurar mais longe para testemunhar a beleza natural das Montanhas Laurentian ou provar iguarias de açúcar de bordo da região.

Gaspé, Quebec, Canadá

Gaspé, Quebec, Canadá.jpg
Aprecie o charme de uma cidade pequena e a beleza natural da Península Gaspé, da cidade de Gaspé – o “berço do Canadá francês” – até o monolítico Percé Rock. Faça um passeio panorâmico ao longo da costa acidentada e coberta de penhascos da península. Embarque de barco no Golfo de St. Lawrence em busca de baleias azuis e jubarte. Ou, fique em terra para uma caminhada cênica através do deslumbrante deserto canadense no Forillon National Park.

Halifax, Nova Escócia, Canadá

Halifax, Nova Escócia, Canadá.jpg
Explore Halifax, a capital cosmopolita da província de Nova Escócia e local do primeiro assentamento europeu permanente na região. Junte-se a um passeio turístico de ônibus pela cidade, estabelecendo seu próprio ritmo para a exploração do morro Fort George, nomeado para o rei George II da Grã-Bretanha, a magnífica Basílica de Santa Maria e outros locais históricos. Se preferir, você pode viajar pela Rota do Farol até Peggy’s Cove, uma das aldeias costeiras mais belas da Nova Escócia, com um rico patrimônio de pesca.